Consultor da Red Bull rotula Mercedes como “má perdedora” e ameaça sair da Fórmula 1

Consultor da Red Bull falou em reconsiderar envolvimento com a Fórmula 1 se a Mercedes tiver sucesso na apelação contra a decisão da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) em relação aos protestos apresentados após o GP de Abu Dhabi

F1 EM ABU DHABI: VERSTAPPEN PASSA HAMILTON NO FIM E É CAMPEÃO! | Briefing

Helmut Marko disparou contra a Mercedes após o encerramento da temporada 2021 da Fórmula 1. O consultor da Red Bull acusou a rival de Brackley de ser uma “má perdedora” e afirmou que a equipe dos energéticos vai “reconsiderar o envolvimento com a F1” se o protesto do time de Lewis Hamilton for bem sucedido.

Max Verstappen conquistou o título da F1 após derrotar Hamilton no GP de Abu Dhabi. O britânico dominou a corrida em Yas Marina quase que integralmente, mas, com cinco voltas para o fim, viu a sorte virar por conta de um acidente de Nicholas Latifi.

LEIA TAMBÉM
+Opinião GP: Título de Verstappen tem mais sabor por derrotar Hamilton no auge técnico

Max Verstappen e Helmut Marko (Foto: Clive Rose/Getty Images)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Com a entrada do safety-car, a Red Bull chamou Verstappen para mais uma troca de pneus, enquanto Hamilton seguiu na pista, com duros já bastante desgastados. Inicialmente, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou que os retardatários não poderiam ultrapassar, mas depois mudou de ideia e colocou os dois postulantes ao título para um confronto direto.

Quando o carro de segurança deixou a pista, Hamilton não conseguiu segurar Verstappen, que ganhou a corrida e também o título. Após o encerramento da prova, a Mercedes entrou com dois recursos na FIA: um se queixando do fato de Max ter passado Lewis durante o safety-car e outro sobre o procedimento, já que o regulamento prevê que o carro de segurança fique na pista por mais uma volta após a passagem dos retardatários.

Os dois protestos foram rejeitados pela FIA, mas a Mercedes já manifestou a intenção de apelar.

“É indigno que a decisão de um campeonato mundial seja atrasada desta forma”, disse Marko ao site ‘Motorsport.com’. “Mas isso fala muito sobre a atitude de um, eu diria, um perdedor indigno se você apresenta tais objeções e protestos”, seguiu.

“Quebramos o domínio de sete anos deles com um cara jovem e uma equipe jovem e motivada”, apontou. “É nojento o que eles fizeram depois da corrida de protestar quando estava claro que isso não funcionaria. Isso, para mim, é ser muito mau perdedor”, atacou.

Ainda, Marko menosprezou a intenção da Mercedes de apelar e disse que a Red Bull é a “campeã moral”.

“Não ligamos. Somos os vencedores morais, de um jeito ou de outro”, falou, antes, porém, de ameaçar abandonar a F1 caso a Mercedes tenha sucesso. “Vamos reconsiderar nosso envolvimento na Fórmula 1 se isso não tiver os efeitos correspondentes nos futuros campeonatos. Todo o sistema precisa ser reconsiderado. Consistência é parte disso, as decisões nem podem ser interpretadas desta forma ou interpretadas assim uma vez”, concluiu.

LEIA TAMBÉM
Campeão, Verstappen consolida troca de guarda e fim da dinastia Hamilton na F1
Verstappen triunfa em rivalidade contra nêmesis de uma vida apenas aos 24 anos
Verstappen vence batalha árdua em primeiro título e sinaliza nova era na Fórmula 1
Red Bull enfim entrega carro vencedor e dá condição de título a Verstappen na F1

A última volta do GP de Abu Dhabi (Vídeo: TSN)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar