F1

Hülkenberg detalha dificuldades de aproximação em Paul Ricard: “Uma das piores pistas”

Nico Hülkenberg elogiou o circuito de Paul Ricard, mas confessou que é um dos piores para a Fórmula 1 atual por conta de suas curvas de média velocidade. Daniel Ricciardo também criticou o circuito, especialmente por conta do novo asfalto, que dificulta ainda mais as ultrapassagens

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
O GP da França foi um dos menos movimentados da história recente da Fórmula 1, o que rendeu críticas de fãs e da imprensa. Nico Hülkenberg, da Renault, deu a sua visão sobre os motivos que deixaram a corrida monótona.
 
Oitavo colocado, o alemão explicou que o circuito de Paul Ricard traz características ruins para os carros atuais, marcados pela dificuldade de perseguir e ultrapassar o adversário, e o traçado do último fim de semana é um dos piores para proporcionar grandes espetáculos. 
 
"São curvas rápidas, espetaculares, mas o problema é que você não consegue se aproximar de um carro, e esta é uma das piores pistas para isso", comentou em entrevista à revista inglesa ‘Autosport’.
Nico Hülkenberg (Foto: Renault)
"São sempre curvas de terceira e quarta marcha, as velocidade são bem altas, e o efeito aerodinâmico é gigantesco. Foi o que gastei 1h30 experimentando. Mas acho se as regras de 2021 forem desenvolvidas direito, podemos ter uma pista como essa com uma corrida muito melhor", completou.
 
Companheiro de Hülkenberg na Renault, Daniel Ricciardo também comentou sobre as dificuldades de ultrapassagem. O australiano citou que com o novo asfalto, é muito difícil manter o carro em uma linha diferente do traçado original, o que dificulta ainda mais o trabalho dos pilotos.
 
"É difícil. Na curva 8, com o fim do DRS, se você não frear muito tarde, é muito difícil de tentar algo. Com o novo asfalto, você não pode sair da linha de corrida. Se estiver muito rápido, nunca vai conseguir a ultrapassagem. É uma pista de uma linha e de difícil ultrapassagem", declarou.
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.