Insatisfeita com carro, dupla da McLaren se vê “não tão bem” em pista seca

Carlos Sainz e Lando Norris ficaram incomodados e preocupados com o carro da McLaren em condições de pista seca após o treino livre inicial na Hungria

Apesar do terceiro lugar de Carlos Sainz no chuvoso segundo treino livre desta sexta-feira (17) em Hungaroring, a McLaren terminou o dia com a pulga atrás da orelha. O motivo: O ritmo dos carros laranjas em pista seca. Tanto Sainz quanto Lando Norris avaliaram que há bastante a melhorar especialmente se a classificação do sábado for realizada em pista seca.

No treino livre inicial, em pista seca, Norris foi nono colocado e Sainz fechou em 11º. Os dois ficaram bem próximos entre si dos tempos alcançados, mas acima de 1s5 do tempo do líder, Lewis Hamilton. O suficiente para lugar o sinal amarelo.

“Foi uma sexta desafiadora aqui em Hungaroring”, afirmou Sainz. “No TL1, tivemos dificuldades com o equilíbrio do carro mais do que gostaríamos. Juntar voltas completas boas estava mais difícil que na Áustria. Estamos encontrando diferentes desafios e precisamos nos adaptar a eles para o caso de que seja um sábado em pista seca. No molhado, andamos pouco, mas a sensação do carro é decente”, declarou.

“Tínhamos um programa de testes específico para diferentes ajustes no TL2, sempre buscando melhorar o desempenho no seco, mas claro que não deu para realizar. Enfim, se estiver seco amanhã precisaremos trabalhar duro para acertar na classificação”, seguiu.

Norris seguiu a mesma linha. O equilíbrio não é bom e a sensação com o carro foi um tanto quanto decepcionante após bom desempenho da McLaren na Hungria em 2019.

“Hoje foi desafiador. Estamos numa situação diferente da Áustria em termos de equilíbrio e com o que estamos sofrendo. Foi uma boa pista para nós ano passado, mas a sensação da manhã é que não estamos tão bem. Temos trabalho a fazer para o caso de estar seco amanhã”, disse.

“Creio que as condições climáticas ainda são desconhecidas, então ainda temos tudo na mesa. Provavelmente podemos evoluir para amanhã”, finalizou.

O GRANDE PRÊMIO transmite ao vivo e em tempo real todas as atividades do GP da Hungria, terceira etapa do campeonato da Fórmula 1 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube