Button volta à Williams 21 anos depois e é anunciado como conselheiro sênior

Campeão mundial em 2009, Jenson Button assinou acordo para virar conselheiro sênior da Williams na Fórmula 1. Piloto vai trazer apoio aos titulares da equipe

21 anos depois, Jenson Button está de volta à Williams. A equipe anunciou um acordo e contratou o campeão mundial de 2009 para se tornar consultor sênior do time na Fórmula 1.

Parte do papel de Jenson na Williams será de apoio aos pilotos titulares e de desenvolvimento com seus mais de 30 anos de experiência no automobilismo. Ele comparecerá aos GPs de 2021 e também participará de eventos de mídia e marketing durante a temporada.

“Estou muito contente por, mais uma vez, poder dizer que assinei pela Williams. Quando tinha 19 anos, foi um momento que mudou minha vida e, apesar de ter sido há mais de 20 anos, sinto que nunca saí realmente. Frank Williams mostrou fé em mim, pela qual vou ser ternamente grato e estou extremamente animado por ter a chance de voltar e ajudar a equipe, que se esforça mais uma vez pelo sucesso”, comentou o piloto de 39 anos de idade, que está fora do grid da Fórmula 1 desde 2016.

Jenson Button quase correu na Indy em 2021 (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A contratação de Button pela Williams não vai interferir em seu emprego na emissora Sky Sports F1. O campeão mundial de 2009 é um dos analistas do canal que transmite a Fórmula 1 na Inglaterra.

“Há muito trabalho duro a ser feito, mas não tenho dúvidas de que o futuro é incrivelmente brilhante para esta equipe fantástica. Mal posso esperar para começar”, concluiu.

Button estreou pela Fórmula 1 na Williams em 2000. Na época, o piloto de apenas 20 anos venceu a disputa interna contra o brasileiro Bruno Junqueira e virou titular do time ao lado de Ralf Schumacher. Ele terminou a temporada na oitava colocação, com 12 pontos, e se transferiu para a Benetton em 2001.

“Trazer Jenson de volta é outro passo positivo para nos ajudar a avançar como equipe dentro e fora das pistas. Jenson sempre foi um amigo da equipe e, por isso, é ótimo recebê-lo de volta à família Williams. Frank viu o talento promissor de Jenson como piloto e deu-lhe a primeira oportunidade na Fórmula 1. Ele mais do que cumpriu a promessa inicial ao longo de uma carreira brilhante que culminou na glória do título mundial”, comentou Jost Capito, novo diretor-executivo da equipe de Grove.

“Mais recentemente, ele mostrou sua perspicácia no mundo dos negócios e da radiodifusão e segue sendo uma figura amplamente respeitada no paddock. Toda essa experiência vai adicionar outra camada à nossa transformação, tanto tecnicamente como também em termos de negócio. Sei que todos em Grove têm um grande respeito por ele, de modo que estamos muito satisfeitos para começar a trabalhar com ele”, concluiu.

Nove vezes campeã mundial de pilotos e sete vezes entre os construtores, a Williams vive o momento mais complicado de sua longínqua história na Fórmula 1, terminando as três temporadas mais recentes na última colocação no Mundial. Para 2021, a dupla formada pelo inglês George Russell e o canadense Nicholas Latifi será mantida.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube