Jordan coloca à venda na Inglaterra primeiro carro de Schumacher na F1 e modelo usado por Hill em 1998

A Jordan vai vender o primeiro carro que Michael Schumacher utilizou na F1 e o monoposto usado por Damon Hill em 1998. O dinheiro será repassado para duas instituições de caridade na Inglaterra

A equipe Jordan, que disputou a F1 de 1991 a 2005, decidiu colocar à venda dois dos seus carros mais marcantes. O primeiro modelo é de 1991, o carro em que Michael Schumacher iniciou sua trajetória na categoria. O segundo é de 1998, monoposto utilizado por Damon Hill, temporada que ficou marcada pela dobradinha do time irlandês em Spa-Francorchamps, com vitória de Hill e segunda posição de Ralf Schumacher, irmão do heptacampeão mundial.

Além dos dois carros históricos, a Jordan também vai vender capacetes e troféus conquistados pela equipe. As relíquias serão todas entregues aos novos proprietários em Silverstone, e todo o dinheiro arrecadado será repassado para duas instituições que tratam pessoas com câncer.

A Jordan de Michael Schumacher em 1991 será vendida na Inglaterra (Foto: Divulgação)

A iniciativa é de Eddie Jordan, antigo dono do time, e vai ajudar a CLIC Sargent e a Amber Foundation. O carro de Schumacher será vendido junto com um capacete assinado pelo alemão, enquanto os demais itens terão a assinatura e certificado de autenticidade fornecidos por hoje comentarista da TV britânica.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube