Magnussen revela contato da Red Bull em 2018: “Mas me sentia bem na Haas”

O destino de Kevin Magnussen, aparentemente, poderia ter sido outro na Fórmula 1. Em 2018, ele diz ter negado vaga na Toro Rosso, após contato da Red Bull

Ao final de 2020, ele deixou a Fórmula 1 e partiu para o SportsCar, mudando completamente o tipo de carro que guia. Mas, aparentemente, houve um momento em que esse final de história poderia ter sido cancelado. Segundo Kevin Magnussen, muito antes dessa saída, ele recebeu contato da Red Bull – estaria na F1 até a atualidade?

A revelação foi feita ao jornal dinamarquês ‘BT’. Magnussen contou que, em 2018, conversou com a Red Bull, mas por uma vaga na Toro Rosso. E o que sentia com a Haas, na qual estava em sua segunda temporada, impediu a mudança.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Kevin Magnussen (Foto: Haas)

“Conversamos com eles e rapidamente ficou claro que já tinham um candidato ao posto livre na Red Bull. Porém, falaram de uma possibilidade na Toro Rosso. Não haviam feito uma proposta oficial de contrato, ainda, mas era claramente uma opção”, disse Magnussen.

“Porém, escolhemos não aproveitar esta oportunidade porque eu me sentia muito bem na Haas, e acreditava que seríamos capazes de continuar a evolução que havíamos claramente começado”, completou.

Magnussen, portanto, falava do meio de 2018 – e, naquele ano, terminaria o Mundial em nono. Porém, a evolução não veio: em 2019 foi 16°, em 2020, 20°, e ele ficou em espaço na categoria. Já a Toro Rosso, em 2018, demitiu Brendon Hartley ao final do campeonato e, no ano seguinte, acabou formando dupla com Alexander Albon e Daniil Kvyat, antes do retorno de Pierre Gasly e a subida do tailandês para a equipe principal da marca.

Em 2021, o dinamarquês já disputou duas provas no SportsCar, em Daytona e Sebring, e aparece em sexto na classificação com Scott Dixon e Renger van der Zande, trio da Ganassi.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar