Kvyat diz que GP do Japão será especial, mas também marcado pelas lembranças do acidente de Bianchi

Em outubro de 2014, Daniil Kvyat foi anunciado como piloto da Red Bull durante o fim de semana do GP do Japão. Mas o piloto russo não carrega apenas lembranças boas daquele fim de semana marcado pelo acidente fatal do amigo Jules Bianchi em Suzuka

A F1 praticamente não terá descanso nos próximos dias. Depois de um intenso e quente fim de semana em Cingapura, a categoria voará por cerca de sete horas até o Japão, palco da 14ª etapa da temporada 2015, em Suzuka. Um circuito elogiado pela maioria dos pilotos, mas que traz lembranças muito duras diante do acidente fatal sofrido por Jules Bianchi no ano passado.

Daniil Kvyat, que foi confirmado pela Red Bull como titular em substituição a Sebastian Vettel exatamente no fim de semana do GP do Japão, traz recordações distintas daquela ocasião.

Daniil Kvyat disse que as lembranças de Jules Bianchi serão parte do fim de semana em Suzuka (Foto: AP)

“Suzuka é um circuito muito especial. Tem uma grande história, lhe traz boas sensações e também tem curvas em que é preciso ser valente, algo que eu gosto muito. Também é a pista onde fui anunciado como piloto da Red Bull no ano passado, de modo que é uma boa lembrança. Entretanto, a corrida do ano passado foi muito difícil pelo acidente de Jules Bianchi, e vamos pensar nele quando pilotarmos aqui neste ano”, comentou o jovem russo, sexto lugar no GP de Cingapura, no último domingo.

“Há muitos trechos que são muito rápidos: as duas curvas à esquerda na Spoon, a 130R, que pode ser muito desafiadora, sobretudo quando chove. Os ‘Esses’ são muito complicados e, se você errar, compromete toda a volta. Tem de ser preciso. Para ser sincero, toda a volta é interessante, gosto muito. Gosto das curvas de alta, e Suzuka tem muitas, então é fácil curti-las. Se você as faz bem, você se sente muito bem”, acrescentou.

Daniil também destacou o ótimo ambiente que cerca a etapa nipônica. “Os fãs japoneses são grandes anfitriões, e o clima é estupendo. Eles sempre te dão presentes. Ano passado, eles me deram muitas coisas. Também é preciso dar muitos autógrafos. Mas realmente gosto muito do esforço que os fãs fazem. Eles são apaixonados pela F1 e fazem questão de demonstrar isso”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube