Norris crê que derrota em Sóchi seria pior em ano de estreia na F1: “Não deixo afetar tanto”

Piloto inglês destaca melhora na saúde mental, agradece ajuda da McLaren e diz que "nem sempre a resposta é tão difícil quanto parece"

Paddock GP #259 faz prévia do GP da Turquia de F1

Após deixar escapar uma vitória quase certa no GP da Rússia, o desempenho de Lando Norris, inglês da McLaren, foi amplamente discutido durante as duas semanas que antecederam a etapa seguinte, na Turquia. E, recentemente, o piloto revelou ter encarado problemas de saúde mental durante seu ano de estreia na Fórmula 1, em 2019. Já em Istambul para a disputa deste fim de semana, o britânico foi questionado sobre como seria ter passado pela experiência de Sóchi com a mentalidade que tinha há dois anos.

“Como eu teria lidado com as últimas corridas se fossem dois anos atrás é uma pergunta muito difícil de responder”, afirmou. “Acho que teriam coisas boas sobre isso, até porque naquele estágio, você consideraria os pontos positivos bem mais do que os negativos”, disse.

No entanto, Norris disse estar em um nível de desempenho muito superior ao que apresentava dois anos atrás, e que apesar de ainda ter muitos aspectos para evoluir, “existem menos coisas agora”. Assim, naturalmente a cobrança é maior e cada erro passa a fazer mais diferença.

“Então você começa a ver a situação do outro lado e começa a ver mais pontos negativos. Mas eu diria que não deixo me afetar agora como eu deixava antes. Existem coisas boas e ruins. Isso é bom, e me manteve bem mais equilibrado e em uma situação melhor mentalmente”, revelou, antes de rasgar elogios à sua equipe, McLaren, pela ajuda. “Eles sempre estiveram ali para mim desde o primeiro dia. São como minha família, pois entrei muito novo e eles me ajudaram a me formar e me tornar a pessoa que sou hoje”, elogiou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Norris admitiu problemas em seu ano de estreia na F1, mas disse ter trabalhado sua saúde mental (Foto: McLaren)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Além disso, Norris trabalhou com uma instituição de caridade de saúde mental, a Mind, sediada na Grã-Bretanha. De acordo com ele, o trabalho feito com a entidade lhe ajudou a tomar novas decisões na vida, que pareciam mais difíceis do que realmente eram – como por exemplo, deixar para trás amizades que não lhe trazem benefícios.

“Para mim, foi crucial até para ter o desempenho que eu tenho na pista hoje em dia”, disse o inglês. “Às vezes, uma resposta pode ser muito mais simples do que você imagina. Ter as pessoas certas ao seu lado pode ser crucial. Talvez o que mais me ajudou tenha sido passar tempo com as pessoas que estão sempre lá para mim e cortar aqueles que só querem ser amigos pela posição em que você está”, finalizou.

O GP da Turquia 16ª etapa do calendário da Fórmula 1, acontece neste final de semana, entre os dias 8 e 10 de outubro, no Istambul Park.

LEIA TAMBÉM
+Red Bull revela detalhes de layout em homenagem à Honda para GP da Turquia de F1
+Verstappen diz que perder título da Fórmula 1 em 2021 “não vai mudar a minha vida”
+Honda confirma colaboração com Red Bull para desenvolvimento de motores em 2022

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar