RB confirma mudança e destaca nova fábrica de “última geração” em Milton Keynes

Novo chefe de equipe da RB, Laurent Mekies confirmou fechamento das instalações em Bicester, no Reino Unido, e justificou mudança para Milton Keynes

Enquanto a Fórmula 1 entra no último dia dos testes coletivos de pré-temporada no Bahrein, a RB — ou Visa Cash App RB — confirmou que as instalações da equipe em Bicester, no Reino Unido, serão fechadas permanentemente. Laurent Mekies, que assumiu o cargo de chefia este ano no lugar de Franz Tost, revelou que uma nova sede está sendo construída em Milton Keynes, de última geração e fora do campus da Red Bull.

“Não estamos satisfeitos com o que temos hoje em Bicester em termos de infraestrutura”, disse o francês ao portal neerlandês RacingNews365. “Não achamos que coloque nossos rapazes na melhor posição possível”, continuou.

“Era uma instalação muito pequena, crescemos demais e estamos lá porque usamos nosso túnel de vento, mas esse não é mais o caso. Decidimos que a fábrica vai fechar. Ela abrange o departamento aerodinâmica, o departamento de conceito e algumas outras peças, mas será descontinuada”, explicou o dirigente.

Como parte da expansão do time, toda a área aerodinâmica será movida para Milton Keynes. A nova estrutura será maior e, com isso, Mekies acredita que estar mais próximo da equipe irmã Red Bull pode ser benéfico para o desenvolvimento do carro e melhor posicionamento no mercado de trabalho.

Setor aerodinâmico da RB será transferido para Milton Keynes (Foto: Red Bull Content Pool)

“Estamos construindo uma nova sede em Milton Keynes, fora do campus da Red Bull, que será uma instalação de última geração, da mesma forma que temos instalações de alto nível em Faenza“, revelou.

“O plano é que as pessoas se mudem de Bicester para Milton Keynes e na nova sede teremos mais capacidade, o que significa que [podemos] aproveitar a oportunidade para entrar no mercado [de engenharia] e conseguir alguém que queira permanecer no Reino Unido, independentemente da origem”, assegurou Laurent.

Apesar do centro aerodinâmico no Reino Unido, a fábrica oficial da RB é localizada em Faenza, na Itália. Porém, existe uma certa dificuldade em levar engenheiros ingleses para morar no país, o que justifica a operação da escuderia.

“Podem ser engenheiros de corrida, engenheiros de simulação ou alguém da aerodinâmica e design. Queremos pensar que agora é possível dividir um único departamento em dois locais”, continuou Mekis. “Historicamente, tem sido uma grande desvantagem fazer isso, e não há muitos exemplos de sucesso, estamos conscientes”, admitiu o chefe da equipe de Daniel Ricciardo e Yuki Tsunoda.

Mudança de fábrica pode ajudar RB na contratação de novos profissionais (Foto: Red Bull Content Pool)

“Não estamos desconsiderando a história disso, estamos apenas pensando que o mundo mudou enormemente, e não apenas em termos de tecnologia, mas também a mentalidade das pessoas mudou. Estamos tentando fazer dar certo e achamos que podemos obter uma vantagem”, explicou, antes de finalizar: “Contratamos pessoas porque elas queriam estar na Itália, da mesma forma que contratamos pessoas porque queriam estar no Reino Unido – queremos interpretar isso como uma força e não como uma fraqueza.”

A RB terminou o Mundial de Construtores de 2023 na oitava posição, com 25 pontos somados. Após passar boa parte do campeonato desempenhando muito abaixo em relação aos anos anteriores, o time de Ricciardo e Tsunoda apresentou melhorias visíveis logo após estreitar sua relação com a Red Bull. Mudanças aerodinâmicas e a alteração da suspensão traseira fizeram o time evoluir a partir do GP de Singapura, já na reta final do certame.

Zak Brown, CEO da McLaren, chegou a reclamar veementemente dessa parceria mais próxima entre as duas esquadras do conglomerado austríaco de energéticos, apelando até mesmo à FIA (Federação Internacional de Automobilismo). De acordo com o estadunidense, tal relação é injusta com as demais equipes do grid.

O terceiro dia de testes de pré-temporada acontece nesta sexta-feira, entre às 4h (de Brasília) até 13h, com transmissão da F1 TV e cobertura completa do GRANDE PRÊMIOcom a análise do Briefing após cada dia de atividade.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.