Hamilton se diz feliz mesmo com derrota e pede para Mercedes “encontrar algum ritmo”

Apesar de ser derrotado na penúltima volta, Lewis Hamilton falou que ficou feliz com o resultado pelo fato da Red Bull ser tão melhor

Mick Schumacher perde controle e bate de leve em classificação do GP da França (Vídeo: F1)

Lewis Hamilton liderou por dezenas de voltas do GP da França deste domingo (20), mas na penúltima volta acabou sendo ultrapassado de maneira inapelável por Max Verstappen. Segundo colocado em Paul Ricard, onde era favorito, o heptacampeão diz que está contente mesmo assim, afinal a Red Bull tinha melhor carro. E faz quase uma súplica: a Mercedes precisa fazer o desempenho evoluir.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Confira a programação de TV do fim de semana

Após tomar a frente na largada, Hamilton sofreu o undercut de Verstappen após o holandês trocar os pneus de médios para duros, com melhor desempenho, uma volta antes. Max resistiu aos ataques de Lewis e chegou a abrir 3s5 antes de parar novamente nos boxes para colocar outro jogo de pneus médios. Hamilton e a Mercedes decidiram ir até o fim com seus pneus duros, mas foram caçados pelo rival. Na volta 52 de 53, levou a melhor. A maior parte do muito tempo tirado por Verstappen veio nas retas francesas.

“Parabéns a Max, fez um grande trabalho hoje. Eles tinham mais força durante o fim de semana inteiro. Considerando o quão difícil foi nossa sexta-feira, estou muito feliz com o resultado de hoje. Claro que estávamos na liderança e não vencemos, mas eu não tinha pneus no fim e infelizmente perdi a posição. Mesmo assim a corrida foi boa”, disse.

MAX VERSTAPPEN; LEWIS HAMILTON; GP DA FRANÇA;
Verstappen consegue o ‘undercut’ e retoma a dianteira sobre Hamilton após pit-stop (Foto: F1/Twitter)
Paddockast #108: As ‘asas da discórdia’ na luta pelo título da F1

“Temos de encontrar algum ritmo, isso com certeza. Deu para ver que a maior parte do tempo que perdemos hoje foi nas retas. Temos de mergulhar fundo e encontrar o que acontece, se é potência ou arrasto”, afirmou.

“Nosso pacote ainda é bom. Não tenho certeza de como perdemos a posição hoje [na primeira parada], a gente não sabia o quanto essa possibilidade de undercut era forte. Obviamente eles tinham uma boa estratégia e funcionou bem”, finalizou.

Como Verstappen também ficou com a volta mais rápida, chega à etapa austríaca com 12 pontos de frente para Hamilton.

A Fórmula 1 continua já no próximo fim de semana, com o GP da Áustria. E é na casa da Red Bull, no Red Bull Ring, em Spielberg. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Briefing: TUDO sobre o GP da França de F1
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar