Hamilton jura estar “satisfeito” com GP do Bahrein: “Melhor resultado possível”

Hamilton caminhava para ficar na 5ª colocação, mas contou com problemas dos carros da Red Bull e subiu ao pódio na estreia da temporada 2022

GUIA DA FÓRMULA 1 2022: 5 RAZÕES PARA PRESTAR ATENÇÃO NA TEMPORADA DA F1

Mesmo diante de um final de semana complicado em Sakhir, Lewis Hamilton contou com os problemas nos carros da Red Bull de Max Verstappen e Sergio Pérez nas voltas finais e conquistou um inesperado terceiro lugar no pódio do GP do Bahrein. Neste domingo (20), o heptacampeão da Mercedes passou por dificuldades na primeira metade da prova, mas se manteve bem posicionado e conquistou o que qualificou como “melhor resultado possível” para a equipe na abertura da temporada 2022 da Fórmula 1.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Longe dos carros da Ferrari e da Red Bull na maior parte do tempo, Hamilton caminhava para um tímido quinto lugar. Porém, na volta 46, a AlphaTauri de Pierre Gasly apresentou um incêndio no motor Honda e o cenário começou a mudar a favor do piloto da Mercedes, com a entrada do safety-car, a 10 voltas do fim.

Apesar de estar próximo dos quatro primeiros na relargada, Hamilton não tinha ritmo para acompanhar Sergio Pérez, Max Verstappen, Carlos Sainz e Charles Leclerc. Mas os carros da Red Bull começaram a perder potência. O primeiro foi Verstappen, que foi obrigado a abandonar na volta 54, com problemas não-identificados; logo depois, na penúltima volta, foi Pérez quem sofreu com o corte no motor Honda do RB18 e rodou. Hamilton aproveitou o problema com os adversários e cruzou a linha de chegada na terceira posição.

Verstappen perdeu diversas posições antes de recolher o o RB18 (Reprodução: F1)

Após a corrida, heptacampeão comemorou e disse que era impensável estrear melhor nas atuais condições. “Com certeza, estou [satisfeito]. Foi um final de semana muito difícil, sofremos muito nos treinos, e esse foi o melhor resultado que poderíamos alcançar. Uma pena para os carros da Red Bull, mas nós fizemos o melhor possível”, disse.

Acompanhando de perto a comemoração de Leclerc e Sainz, que fizeram terminaram na frente e garantiram a primeira dobradinha da Ferrari na F1 desde o GP de Singapura em 2019, Hamilton exaltou o retorno da escuderia italiana ao caminho das vitórias.

“Parabéns para a Ferrari. Estou muito feliz em ver eles andando bem de novo, é um time icônico e histórico. É muito bom ver o Charles e o Carlos andando bem. Parabéns aos dois”, declarou.

Lewis Hamilton satisfeito com terceiro lugar no GP do Bahrein (Foto: Mercedes)

Diante de um final de semana complicado, bem diferente do habitual desde 2014, quando iniciou a era híbrida na categoria, o inglês afirmou que a equipe Mercedes vai identificar os problemas para voltar a ser competitiva.

“A equipe está trabalhando muito duro na fábrica, não é uma coisa simples, mas sabemos que fomos a melhor equipe dos últimos anos e vamos continuar trabalhando duro para sermos os melhores”, afirmou.

Para deixar o resultado da corrida ainda melhor para o time alemão, George Russell também foi beneficiado pelos problemas com os carros da Red Bull e cruzou a linha de chegada na quarta colocação. O que garantiu, ao todo, 25 pontos para a Mercedes no Campeonato de Construtores.

A segunda etapa da temporada 2022 da Fórmula 1 já acontece no próximo final de semana, mais especificamente no dia 27, com o GP da Arábia Saudita. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Leia também

+Sainz cita “dever de casa” a fazer, mas celebra 1-2 no Bahrein: “Ferrari está de volta”
+Leclerc celebra “melhor começo possível” no Bahrein: “Trabalho incrível, carro incrível”

FÓRMULA 1 AO VIVO 2022: TUDO SOBRE O GP DO BAHREIN DE F1 | Briefing
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar