Verstappen leva torcida à loucura em Zandvoort e conquista pole do GP da Holanda

A briga tripla de equipes pela pole-position do GP da Holanda era mesmo real. No meio do caos, Max Verstappen levou vantagem e conquistou a posição de honra

TUDO SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DO GP DA HOLANDA DE F1 | Briefing

Conforme prometido nos treinos livres ao longo da sexta-feira e da manhã deste sábado (3), a briga pela pole-position para o GP da Holanda de Fórmula 1 entregou uma disputa entre três equipes pela pole-position em Zandvoort. Ferrari, Red Bull e, sim, a Mercedes, não se desgrudaram ao longo de toda a classificação. No fim das contas, Max Verstappen levou a melhor para a Red Bull e conquistou a pole no circuito localizado na beira do Mar do Norte.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Relacionadas


Mesmo num fim de semana em que nem sempre se encontrou com o carro e onde a Red Bull tinha companhia e ameaça de Ferrari e Mercedes, Verstappen fez o que o Mar Laranja esperava ao tomar as arquibancadas em casa: superar os demais.

O tempo inteiro da classificação mostrava uma troca de mãos entre Verstappen e os dois pilotos da Ferrari, Charles Leclerc e Carlos Sainz, na primeira posição. A Mercedes jamais liderou, mas Lewis Hamilton e George Russell estavam sempre muito próximos e indicando que brigar era possível. Assim foi até o fim. Verstappen bateu Leclerc por 0s021 e Sainz por 0s092. Pequenas frações de centésimo, apenas.

Lewis Hamilton colocou a Mercedes na segunda fila, embora não tenha conseguido participar, de fato, da batalha no Q3. Sergio Pérez, que ainda rodou no fim e fechou a classificação com uma bandeira amarela, vai largar em quinto. George Russell, Lando Norris, Mick Schumacher, Yuki Tsunoda e Lance Stroll fecham o top-10.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Holanda de Fórmula 1. No domingo, a largada está marcada para as 10h (de Brasília, GMT-3).

Max Verstappe larga na frente em Zandvoort (Foto: Red Bull Content Pool)
Paddockast #163: Os segundões da F1 2022: dá para confiar em Sainz e Pérez?

Confira como foi a classificação:

O sol brilhava no céu de Zandvoort, nas margens do Mar do Norte, quando a Fórmula 1 se aprumou para começar a tomada de tempos que definiria o grid de largada para o GP da Holanda. Nada de chuva no radar, mas a atividade de maior calor desde a França: 26°C de temperatura ambiente, mas 39°C no asfalto do circuito.

Os treinos livres apresentaram diferentes desafios. Max Verstappen teve problemas na sexta-feira e trocou a caixa de câmbio, andou pouco e não conseguiu superar o rendimento geral de Ferrari e de uma impressionante Mercedes. Sergio Pérez não teve problemas, mas muita dificuldade para se encontrar com o carro e andou menos que o companheiro.

A Mercedes surpreendeu e colocou George Russell e Lewis Hamilton sempre muito próximos da Ferrari. Charles Leclerc foi o mais rápido dos treinos, mas não conseguiu abrir sequer 1s para Russell. Era a situação mais interessante das Flechas Prateadas na chegada a uma classificação em 2022.

Sebastian Vettel ficou fora logo de cara (Foto: Aston Martin)

Q1 – Verstappen lidera, enquanto Ricciardo e Vettel são eliminados

Forte no começo das atividades do fim de semana, a Haas foi quem resolveu começar a aproveitar a pista na classificação. Kevin Magnussen e Mick Schumacher foram os dois primeiros na pista. Logo, volta rápida: Kevin levou a melhor na comparação. Conforme a pista começou a encher, Guanyu Zhou foi o primeiro a superar o tempo de Magnussen com a Alfa Romeo. Valtteri Bottas fez o caminho inverso e terminou pior que Schumacher.

Quando Ferrari e Red Bull tomaram o traçado, a Mercedes e a Alpine eram as únicas equipes ainda na garagem com 12 minutos pela frente na fase de abertura da atividade. Antes que os melhores carros do grid tivessem oportunidade de completar uma volta, Lance Stroll pingou na liderança. A Aston Martin teve um bom princípio dos trabalhos do fim de semana, diferente da Alfa Romeo de Zhou e Bottas.

Lando Norris tomou a ponta por um instante, 0s4 melhor que o companheiro Daniel Ricciardo, mas Max Verstappen já estava no caminho para assumir a dianteira. Foi o que fez ao anotar 1min11s317, mais que o suficiente para voltar aos boxes e encerrar a participação no Q1.

Pierre Gasly reclamou com a AlphaTauri de uma liberação insegura de Norris por parte da McLaren na saída de ambos do pit-lane. De fato, a imagem da TV mostrou que a equipe inglesa não tomou muito cuidado, ainda que a direção de prova tenha rapidamente anunciado que avaliaria a situação depois da classificação. Provavelmente para uma multa financeira.

As Ferrari foram incapazes de superar Verstappen. Carlos Sainz ficou 0s450 mais lento e ainda melhor que Leclerc. O monegasco tentaria novamente, mas só conseguiria passar o companheiro e ficar 0s126 atrás.

Já a dupla da Mercedes, quando finalmente tomou a pista por fim, depois da Alpine, não preocupou ninguém. Russell e Hamilton pularam para terceiro e quarto tempos, bem posicionados. Fernando Alonso colocava a Alpine no top-10, algo que Esteban Ocon não fez num primeiro momento.

O Q1 se aproximava do fim com as duas McLaren ameaçadas, bem como Ocon e Sebastian Vettel. Era hora de ver quem ia conseguir sair do prejuízo.

Ocon e Norris conseguiram escapar. Norris, com sobras, fez o quinto tempo; Ocon, nem tanto, foi o 13º. Mas Vettel e Ricciardo não conseguiram. Daniel foi extremamente lento, ao passo que Vettel errou na tentativa derradeira e saiu da pista. Desta maneira, Bottas foi o 16º colocado e abriu a fila dos eliminados que contou com Ricciardo, Magnussen, Vettel e Nicholas Latifi.

Esteban Ocon larga somente na 12ª colocação (Foto: AFP)

Q2 – Sainz pega Verstappen e lidera enquanto Alpine encerra o dia

Assim que a bandeira verde apareceu para a segunda parte do treino, a Williams mandou Alexander Albon para a pista. Entretanto, assim que o tailandês entrou, bandeira vermelha. O motivo foi um sinalizador laranja, problema para a organização do GP da Holanda desde o ano passado, arremessado bem no meio do traçado e espalhando fumaça.

Além do sinalizador, Albon avisou a equipe que também havia muitos pombos espalhados por um setor da pista. De qualquer maneira, a interrupção durou oito minutos até que o pit-lane foi aberto novamente.

Pelo tempo perdido, pista encheu rapidamente após a retomada da sessão. Quando Verstappen apareceu, público foi ao delírio nas arquibancadas. E o campeão mundial agradeceu na pista: pela primeira vez no fim de semana, alguém baixou da casa de 1min11s: fez 1min10s927. Pérez seguia longe e virou 0s4 atrás.

Alguém jogou um sinalizador na pista. O resultado foi esse (Foto: Reprodução/F1)

Quem se aproximou foi Hamilton, tirando bastante do W13. O heptacampeão fez 1min11s0, 0s148 mais lento que Verstappen, mas melhor que Russell e as duas Ferrari. Aliás, os carros vermelhos viraram tempo que não garantiam nenhum dos dois no Q3 e foram aos boxes. Stroll e Norris estavam na frente dos dois.

A pista ficou vazia, como de costume, depois da primeira rodada de voltas. Foi novamente Albon quem escolheu sair antes do demais, com pouco mais de quatro minutos no relógio, para abrir a rodada final de tomada de tempos. Alex era o décimo colocado e brigava por vaga no Q3. Até melhorou a volta, mas manteve a mesma posição.

Leclerc conseguiu igualar Verstappen na casa de 1min10s, mas atrás do piloto da casa. Sainz, ao contrário, cravou 1min10s814 e tomou a dianteira da setor intermediário da classificação. Russell voou igualmente e pulou para o segundo posto. Hamilton ficou com a volta anterior e foi quinto, seguido por Norris, Pérez, Stroll, Mick Schumacher e Yuki Tsunoda.

Desta maneira, Pierre Gasly terminou na 11ª colocação a abriu a lista de eliminados. Logo atrás dele, Ocon e Alonso — que reclamou de tráfego causado por Pérez —, Zhou e Albon.

Max Verstappen é impulsionado pelo Mar Laranja na Holanda (Foto: Red Bull Content Pool)

Q3 – E quem mais seria? Verstappen faz torcida holandesa delirar

A Red Bull resolveu abrir a pista assim que possível no Q3, não quis esperar para ficar por último e sair sabendo que precisaria fazer para superar as rivais. Verstappen voltou a se impor e colocou 1min10s515 no relógio. Volta impressionante mesmo com um pequeno equívoco na curva três e que terminou por ser 0s562 melhor que o tempo de Pérez.

Leclerc, porém, não teve erro algum. O monegasco alcançou 1min10s456 e tomou a frente no Q3, enquanto Hamilton passou em terceiro, seguido por Sainz. Os quatro separados por menos de 0s3. Russell, como Pérez, não foi bem e era o sexto no momento.

Norris, Tsunoda e Schumacher davam sequência à tabela de tempos, ao passo que Stroll tinha problemas técnicos. A Aston Martin avisou que o canadense não voltaria a participar e, desta feita, ficava com a décima colocação. Assim, a pista ficava vazia na marca de seis minutos para que todos se preparassem para as voltas derradeiras.

Era a hora de decidir. Leclerc dessa vez foi primeiro e melhorou ligeiramente a volta para

1min10s363. Sainz, depois, foi mais lento que o monegasco e abriu a porteira para Max, que vinha na sequência. Após um setor intermediário absolutamente voador, Verstappen anotou 1min10s342 e superou Leclerc por 0s021. Os três primeiros no mesmo décimo.

Hamilton e Russell nem se aproximaram, decretando a pole para o piloto da casa e colocando o Mar Laranja em polvorosa. Lewis larga em quarto, seguido por Pérez e Russell. Norris, Schumacher, Tsunoda e Stroll fecham a lista. O treino terminou em bandeira amarela após Pérez rodar sozinho e ficar ao contrário no traçado.

F1 2022, GP da Holanda, Zandvoort, Grid de Largada:

1M VERSTAPPENRed Bull Honda1:10.342 
2C LECLERCFerrari1:10.363+0,021
3C SAINZFerrari1:10.434+0,092
4L HAMILTONMercedes1:10.648+0,306
5S PÉREZRed Bull Honda1:11.077+0,735
6G RUSSELLMercedes1:11.147+0,805
7L NORRISMcLaren Mercedes1:11.174+0,832
8M SCHUMACHERHaas Ferrari1:11.442+1,100
9Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:12.556+2,214
10L STROLLAston Martin Mercedes  
11P GASLYAlphaTauri Honda1:11.512+1,170
12E OCONAlpine1:11.605+1,263
13F ALONSOAlpine1:11.613+1,271
14G ZHOUAlfa Romeo Ferrari1:11.704+1,362
15A ALBONWilliams Mercedes1:11.802+1,460
16V BOTTASAlfa Romeo Ferrari1:11.961+1,619
17D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:12.081+1,739
18K MAGNUSSENHaas Ferrari1:12.319+1,977
19S VETTELAston Martin Mercedes1:12.391+2,049
20N LATIFIWilliams Mercedes1:13.353+3,011
  Tempo 107%1:15.266+4,924
DO VINHO PARA ÁGUA: O QUE ACONTECEU COM A MERCEDES NO GP DA BÉLGICA DE F1?
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.