McLaren descarta hierarquia com pilotos 1 e 2: “Desnecessário e sem benefício”

Andreas Seidl mostrou satisfação com a dupla atual da McLaren, destacando a experiência de vitórias de Daniel Ricciardo e os anos de casa de Lando Norris

Andreas Seidl não espera nomear pilotos número 1 e um número 2 na McLaren. O chefe da equipe falou sobre a ordem interna e destacou como além de desnecessário, isso não traria qualquer tipo de benefício para o time.

Em 2021, Daniel Ricciardo chega a esquadra de Woking para assumir o lugar de Carlos Sainz. E apesar de ter mais experiência na Fórmula 1 e ser mais velho, o australiano já destacou que espera aprender muito com o companheiro Lando Norris, que parte para seu terceiro ano com a equipe.

Portanto, o dirigente já tem bem claro como vai comandar a dupla deste campeonato. “Enquanto for chefe, não vai haver piloto número 1 definido. Não temos isso de piloto número 1 e piloto número 2. Não é necessário ou traz benefícios para a dinâmica da equipe”, sublinhou a publicação alemã RTL.

Andreas Seidl, chefe da McLaren, não quer ordenar Ricciardo e Norris em pilotos número 1 e 2 (Foto: McLaren)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Estou muito feliz com a dupla de pilotos, vai ser muito sólida. Norris é quase um veterano na McLaren agora. Ricciardo é a referência que temos pedido nos últimos anos. Mostrou no passado que pode vencer corridas com o carro certo e pode nos ajudar em nosso caminho de volta ao topo da F1”, continuou.

Além da chegada de Ricciardo, que já estreou com o MCL35M e espera conseguir o primeiro pódio com o time, em 2021, a McLaren também conta com novo motor. Após três anos empurrada pela Renault, retoma a parceria com a Mercedes.

Lando também deu as primeiras voltas no carro para esta temporada. Em um dia de filmagem em Silverstone, o inglês, que andou em pista molhada, não falou ainda de desempenho, mas disse não ter do que se queixar do bólido.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube