Mercedes vê Red Bull favorita ao título: “Para vencer, temos de ser perfeitos”

Mesmo após a Red Bull superar a estratégia da Mercedes e dominar ainda mais os campeonatos de Pilotos e Construtores, Andrew Shovlin, diretor de engenharia, vê chances da Mercedes ultrapassá-los, mas ressalta: terão de ser perfeitos

Verstappen arrisca na estratégia e bate Hamilton: os melhores momentos do GP da França (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Max Verstappen e Lewis Hamilton estão empatados em vitórias na temporada 2021 da Fórmula 1. Porém, o triunfo de Verstappen no GP da França, que aumentou a vantagem na liderança para 12 pontos, certamente foi o mais doloroso da temporada para a Mercedes. Mas os ânimos ainda estão em cima. Isso porque, para Andrew Shovlin, diretor de engenharia do time de Brackley, a equipe tem tudo o que precisa para ganhar o título, mas não pode se acomodar e esperar por momentos fáceis.

“A forma como vemos as coisas é que esta equipe no seu melhor pode vencer a Red Bull”, disse ele. “Acho que [na França] vimos que as oportunidades que perdemos foram a diferença”, afirmou o diretor. Hamilton foi ultrapassado na penúltima volta por Max e amargou o segundo lugar.

“Sabemos que vai ser difícil. Pensamos que eles [Red Bull] são os favoritos. É claro que têm um conjunto muito bom, mas se dermos o nosso melhor, podemos vencê-los e podemos ganhar o campeonato”, afirmou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Hamilton, Verstappen, largada, GP da França 2021,
A ultrapassagem decisiva no GP da França (Foto: Reprodução/Twitter/@formula1)

Shovlin diz que as pequenas diferenças competitivas entre sua equipe e a Red Bull significam que não há espaço para erros na forma como as corridas são executadas. Por isso que, para ele, tendo um carro capaz de vencer na França, perder para a Red Bull em estratégia foi especialmente frustrante.

“É irritante, porque acho que poderíamos ter vencido a corrida”, acrescentou Shovlin. “Acho que poderíamos ter dois carros no pódio. Estamos em um campeonato em que não podemos realmente perder essas oportunidades. Temos um bom carro de corrida e mostramos isso”, seguiu.

“Acho que falta um pouco de ritmo de classificação, mas em termos de corrida, podemos colocá-los sob pressão. Mas sabemos que para isso, para vencer corridas, temos que ser quase perfeitos”, concluiu.

Sem folgas, a Fórmula 1 continua o campeonato neste fim de semana. Os GPs da Estíria e da Áustria, ambos na pista de Spielberg, estão marcados para as duas próximas semanas. Depois disso, Inglaterra e Hungria encerram a primeira parte da temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar