Michael Andretti põe Herta como 1ª opção para Andretti-Cadillac: “Temos um plano”

Presidente e diretor-executivo da Andretti busca ao menos ter um piloto americano na equipe — e destaca Colton Herta no topo da lista

Nessa semana, a Andretti divulgou a parceria que fez com a General Motors, focada na divisão da Cadillac, ampliando os esforços para a entrada na Fórmula 1. A possível futura equipe americana busca um piloto também da terra do Tio Sam para o time — e, no topo da lista, está aquele que inclusive já foi cotado para a categoria anteriormente: Colton Herta.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

O piloto da Indy chegou a ser especulado na AlphaTauri para 2023. Contudo, não obteve os 40 pontos necessários para a superlicença na última temporada, terminando apenas em 10° no campeonato. Agora, seu nome volta a ser relacionado à principal categoria do automobilismo mundial, mas na futura Andretti-Cadillac.

“Definitivamente temos um plano de ter um piloto americano e acho que vocês sabem quem está liderando a lista”, disse Michael Andretti na última quinta, após o anúncio da parceria com a General Motors.

Michael Andretti tenta ter equipe na Fórmula 1 (Foto: Indycar)

“Com Colton, nós o temos sob contrato na Indy, mas definitivamente queremos fazer disso pelo menos um esforço totalmente americano para garantir que tenhamos um piloto dos Estados Unidos no carro”, completou.

Ter um piloto americano em uma equipe dos EUA é algo que a Andretti busca com afinco. E Michael ainda afirmou que ter um fabricante americano, com uma equipe americana e um piloto do mesmo país seria “a maior história do ano”.

ANDRETTI CADILLAC NA F1? “SÃO AO MENOS 5 CANDIDATAS FORTES À VAGA DE EQUIPE NOVA”‘

“Aconteceu naturalmente. Ainda estamos fazendo isso, ainda trabalhando para reunir as pessoas, para formar uma equipe. O melhor é que a GM já tem ótimos recursos e pessoas, o que nos ajudará a começar a funcionar ainda mais rápido, então estamos em uma posição muito boa agora”, comentou.

O último piloto dos Estados Unidos a fazer uma temporada completa na F1 foi Scott Speed, em 2006 e 2007 pela Toro Rosso. Além dele, Alexander Rossi participou de cinco GP’s em 2015, pela Manor. Logan Sargeant fará sua estreia na categoria em 2023, com a Williams.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.