Andretti revela que já construiu carro de F1 e até programação de testes no túnel de vento

Michael Andretti mantém as esperanças de estar na Fórmula 1 em 2025 e revelou que já tem um carro com as especificações de 2023, pronto para testes no túnel de vento

A resistência das equipes não abalou a Andretti, que segue focada e fazendo de tudo para estar no grid da Fórmula 1 já em 2025. A equipe ainda espera as discussões comerciais com a Formula One Management (FOM) após a aprovação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), mas já construiu até um carro e levará seu protótipo para testes no túnel de vento da Toyota — o mesmo que a McLaren utilizava.

“No momento, ainda estamos mirando em 2025. Nosso carro estará no túnel de vento na próxima semana. Temos um carro já construído com as especificações de 2023, então estamos a todo vapor. Estamos construindo uma equipe. No momento o foco é 2025, mas pode ser 2026, veremos”, disse Michael Andretti em entrevista à Sky Sports.

Relacionadas


“Obrigado à FIA e ao presidente da FIA por divulgarem a manifestação de interesse. Foi uma coisa muito vigorosa e muito difícil de passar. Isso definitivamente mostra que temos o direito de estar aqui no grid e estamos entusiasmados com isso. Estamos muito felizes com o apoio dos fãs. Tem sido avassalador”, continuou.

Na mesma entrevista, Michael negou que o contrato expirado para fornecimento de motores a Renault seja um problema em 2025. Na última semana, a marca francesa revelou que o contrato não só não existe mais como também não há interesse numa renovação agora.

Andretti foi aprovada pela FIA, mas agora esbarra em questões técnicas importantes (Foto: Indycar)

Vale ressaltar que Andretti já estava ciente deste entrave, tanto que assinou um pré-contrato com a Renault, montadora por trás da Alpine, anos atrás.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Na mesma entrevista, quando questionado sobre a oposição dos atuais times da F1, Andretti enfatizou que espera trazer mais benefícios aos esporte, tanto para aumentar a competitividade como também o interesse comercial pela categoria.

 “É um mistério para mim, de certa forma, o porquê elas [equipes] estão resistindo. Dizem que estamos cortando a torta, mas acho que a questão é que esperamos trazer mais do que estamos tirando. Nós realmente acreditamos nisso. Se você olhar para o apoio dos fãs em todas as pesquisas que foram feitas, acho que vamos aumentar isso, não tirar”, encerrou.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. Logo mais, a classificação está marcada para as 18h (de Brasília, GMT-3). No sábado, a classificação sprint acontece às 14h30, com a largada da prova curta às 19h. Já no domingo, a corrida oficial larga às 16h. O GRANDE PRÊMIO ainda exibe classificação, corrida curta e a corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporteatravés da GPTV — o início das transmissões se dá 15 minutos antes das atividades.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.