Moradores tentam último recurso para impedir realização do GP de Miami da Fórmula 1

Os moradores em torno do Hard Rock Stadium, onde acontecerá o GP de Miami da Fórmula 1, estão preocupados com o barulho excessivo, alegando que isso pode causar danos na população

A presença da Fórmula 1 em Miami, nos Estados Unidos, no dia 8 de maio, não está agradando em nada as pessoas que residem próximo ao Hard Rock Stadium, onde o circuito de rua está sendo montado. Os moradores locais entraram com um último recurso pedindo o cancelamento do GP, alegando preocupações com o barulho excessivo.

Até o momento, a realização da corrida está garantida, e tudo indica que não haverá mudanças quanto a isso. Os advogados do Miami Dolphins — time de futebol americano da NFL proprietário do Hard Rock Stadium — afirmaram que 95% dos preparativos da etapa já estão concluídos e que uma extensa mitigação de som foi instalada no local. Eles ainda disseram que o pedido dos moradores se trata de “uma emergência de sua própria autoria”.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O GP de Miami está marcado para o dia 8 de maio (Foto: F1 Miami GP)

A suspensão da corrida até poderia acontecer, mas de acordo com o juiz do Tribunal do Circuito de Miami-Dade, Alan Fine, seriam necessárias evidências contundentes de que os moradores “sofreriam ferimentos reais” resultantes da corrida, com danos potenciais “inevitáveis”.

O acordo milionário entre a F1 e Miami foi firmado ano passado e aprovado pelas autoridades. A cidade, portanto, está apta a sediar o evento na casa do Miami Dolphins por dez anos.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar