Música? Hamilton revela sonho e tem planos diferentes para quando deixar Fórmula 1

Ainda com um futuro incerto para 2022 na Fórmula 1, Lewis Hamilton já pensa em sonhos para tomar pós-Mundial: e o cinema é um deles

É muito verdade que o futuro de Lewis Hamilton na Fórmula 1 e na Mercedes ainda é uma incógnita. Embora já tenha dado sinais de uma possível permanência, o britânico tem garantia de apenas um ano na equipe alemã. No entanto, o #44 não deixa de pensar no pós-aposentadoria que, segundo ele, pode se desenrolar até mesmo fora do automobilismo. E Hollywood talvez seja o caminho do multicampeão após as pistas.

“Eu gostaria de poder atuar um dia. Quero ser o melhor em tudo que faço, quero fazer o melhor que posso em tudo que faço”, disse Hamilton, em entrevista à DAZN.

Para isso, o inglês sabe que não será o suficiente desejar e reconhece que terá de se esforçar mais do que ninguém para atingir seu objetivo fora do esporte: Então, se vou fazer um filme ou algo assim, vou às aulas, estudo e me certifico de expressar as emoções como deveria em todos os momentos.”

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

LEWIS HAMILTON; TREINO LIVRE 1; GP DE MÔNACO;
Lewis Hamilton em ação no GP de Mônaco (Foto: Mercedes)

Embora seja verdade que fazer essa preparação não acontece em questão de dias, Lewis entende que ainda não pode se concentrar nisso, pois isso poderia lhe tirar um tempo valioso no que é seu trabalho neste momento, do qual deve toda sua dedicação.

“Obviamente, não tenho tempo agora, então acho que isso é algo que terei que fazer quando me aposentar mesmo”, concluiu o piloto. 

E tempo, realmente, é o que ainda não sobra para Hamilton. Em disputa mais do que declarada com a Red Bull e seu rival Max Verstappen, após um GP de Mônaco decepcionante, o britânico se viu atrás dos taurinos nos campeonatos de F1 de 2021: no Mundial de Pilotos, o holandês está na ponta (105 a 101 para Verstappen), enquanto no de Construtores, a marca dos energéticos também fica na frente da Mercedes (148 a 147 para a Red Bull).

A próxima etapa da F1 acontece em duas semanas, com o GP do Azerbaijão no dia 6 de junho.

LEIA MAIS
+Chefe da Mercedes fala sobre falha ‘irônica’ que derrubou Hamilton
+Mercedes revela ajuda da Ferrari para remover roda presa de Bottas

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar