Na Garagem: Ferrari assegura títulos de Pilotos e Construtores com 1-2 em Monza

A torcida italiana não podia querer um desfecho melhor para a temporada 1979: Jody Scheckter selou o seu título com vitória em Monza, diante dos tifosi

Melhor impossível. Dobradinha da Ferrari em Monza para garantir um título mundial? Domingo perfeito para os tifosi. Foi assim o dia 9 de setembro de 1979, em que Jody Scheckter venceu o GP da Itália para se tornar campeão da F1.

 
Scheckter largou em terceiro, mas tomou a ponta na largada. Ele foi superado na segunda volta por René Arnoux, porém o piloto da Renault teve problemas mecânicos na 13ª passagem e abandonou. Dali em diante, Sheckter comandou a prova. O sul-africano recebeu a bandeirada com meio segundo de vantagem para seu companheiro de equipe, Gilles Villeneuve.
Jody Scheckter foi campeão em 1979 com vitória em Monza diante dos tifosi (Foto: Forix)
Clay Regazzoni, um ex-ferrarista que agora corria pela Williams, chegou em terceiro e completou o pódio. Niki Lauda, Mario Andretti e Jean-Pierre Jarier fecharam a zona de pontuação.
 
O resultado do GP deixou Scheckter com 51 pontos na temporada 1979, e ele não poderia mais ser alcançado por Villeneuve, vice-líder, que tinha 38. O canadense venceria a última etapa, nos Estados Unidos, para assegurar o vice.
 
Já na tabela de Construtores, a Ferrari foi a 95, contra 62 da Williams e 61 da Ligier, para garantir também a taça de equipes.
Jody Scheckter foi campeão em 1979 com vitória em Monza diante dos tifosi (Foto: Forix)
Essa data marcou o início de um longo jejum de conquistas. A Ferrari foi campeã de Construtores em 1982 e 1983, mas só tornou a ganhar outra taça de Pilotos em 2000, com Michael Schumacher. Se passou as duas décadas seguintes sofrendo, ao menos o torcedor que esteve presente em Monza naquele domingo pôde fazer uma festa rara. Antes disso, só em 1975 a Ferrari havia conseguido selar os dois títulos em Monza.
 
Os outros títulos de Pilotos da Ferrari celebrados em Monza foram de Juan Manuel Fangio em 1956, Phil Hill em 1961 e Niki Lauda em 1975. Festas pela taça de Construtores, em 1975 e 1977.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube