Latifi erra na chicane da Piscina e crava Williams no guard-rail em Mônaco

Participação de Nicholas Latifi no terceiro treino livre terminou com confusão completa na chicane da Piscina e batida firme

Nicholas Latifi bateu no TL3 em Mônaco e provocou a bandeira vermelha (Vídeo: Reprodução)

Demorou até o último treino livre, na manhã deste sábado (22), mas alguém bateu na estreita pista do Principado de Mônaco. Nicholas Latifi emplastrou o guard-rail na seção da Piscina após se atrapalhar desde o começo do contorno da chicane e colocou a Williams em apuros para a classificação.

O acidente veio com pouco mais de 15 minutos restantes para o fim do terceiro treino. Quando foi entrar na chicane, o canadense triscou o muro. Aí, já com o carro arredio, atropelou a zebra que divide a chicane, chegou a sair do chão e foi direto no guard-rail.

Com carro bastante danificado, o treino precisou ser interrompido por bandeira vermelha ao longo de alguns minutos até que a Williams fosse guinchada para longe do traçado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Fiscais de pista iniciam processo de retirada do carro de Nicholas Latifi. (Foto: Reprodução)

O acidente ainda coloca a participação de Latifi no treino classificatório em perigo, uma vez que o time inglês terá pouco mais de duas horas para colocar o carro em condições de entrar na pista para a tomada de tempo.

Max Verstappen foi quem acabou liderando o TL3, que ainda contou com a reafirmação da força da Ferrari. Lewis Hamilton fechou no sétimo lugar.

A classificação está marcada para as 10h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar