Mazepin culpa spray por ter fechado Hamilton na Turquia: “Vou me desculpar com ele”

Nikita Mazepin se desculpou com Lewis Hamilton por tê-lo fechado em regime de bandeira azul no GP da Turquia

BOTTAS VENCE NA TURQUIA, MAS MERCEDES PERDE E VERSTAPPEN LIDERA F1 2021 | Paddock GP #260

Durante a disputa do GP da Turquia, realizado no último domingo (10), Nikita Mazepin e Lewis Hamilton se encontraram na pista durante a volta 28, com a bandeira azul sendo acionada pela direção de prova para que o russo abrisse passagem para o heptacampeão. No entanto, antes de deixar Lewis passar, na curva 12, Mazepin manteve a linha de corrida e ‘fechou a porta’ para o carro #44 da Mercedes. Após a prova, o novato reclamou da visibilidade no circuito, ponto que também foi levantado por outros pilotos após a corrida. Mazepin ainda pediu por melhor orientação da Haas, já que não conseguia localizar o carro de Hamilton no retrovisor.

“Sinto muito pelo Lewis”, disse Mazepin após a corrida. “Reclamei com a equipe que não conseguia ver nada nos retrovisores. Preciso de melhor orientação nos meus ouvidos sobre onde estão os outros carros por causa do spray, e a Turquia não tem exatamente o spray mais limpo, então ele sobe e seca”, cobrou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

NIKITA MAZEPIN; LEWIS HAMILTON;
Momento em que o retardatário Nikita Mazepin fechou Lewis Hamilton quando ia levar uma volta (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Hamilton não foi o único concorrente ao título a ter sido atrasado por Mazepin na Turquia. Max Verstappen, piloto da Red Bull e líder do campeonato até o momento, também teve problemas para dar uma volta no russo. Na ocasião, o holandês se comunicou com seu engenheiro pelo rádio e perguntou “o que em nome de Deus essa Haas está fazendo?”.

“Então eu estava cego ao pilotar, e quando você tem tantos carros ultrapassando você, aplicando não apenas uma volta, mas até duas em um grid de 18 carros, é um desastre. Fico feliz que conseguimos sair do caminho, mas vou ver Lewis e me desculpar com ele”, encerrou o russo.

Mazepin já recebeu uma punição no passado exatamente pelo mesmo motivo: segurar um carro atrás de si em regime de bandeira azul, quando deveria abrir para ultrapassagem. No GP de Portugal, em Portimão, o russo atrasou a passagem da Red Bull de Sergio Pérez e foi punido.

Na Turquia, o diretor de provas, Michael Masi, disse que o incidente foi observado. No entanto, os comissários não viram necessidade de uma nova punição.

LEIA MAIS
ANÁLISE: Por que estratégia de Hamilton não deu certo no GP da Turquia
Com acordo iminente, Ímola desponta como substituta da China no calendário da F1 2022
Diretor de provas da F1 contrapõe acusação de Alonso: “Regras são iguais para todos”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar