No 1º ano na Williams, agente diz que nunca viu Massa tão feliz na F1: “Se você tem atenção e é querido, sua vida muda”

Falando à publicação francesa ‘Auto Hebdo’, Nicolas Todt, empresário de Felipe Massa, contou que nunca viu o brasileiro tão feliz na F1

Agente de Felipe Massa, Nicolas Todt garantiu que o brasileiro nunca esteve tão feliz na F1. Após oito anos com a Ferrari, o piloto faz sua primeira temporada com a Williams depois de anos de Ferrari.
 
Falando a publicação francesa ‘Auto Hebdo’, Todt avaliou que a saída da Ferrari no ano passado revitalizou Felipe.

“Sabe, se você tem atenção e é querido, sua vida muda”, avaliou o francês. “Esse nem sempre foi o caso na Ferrari”, comentou Todt.

Agente destacou felicidade de Massa em seu primeiro ano na Williams (Foto: Getty Images)
Ao longo do ano, Massa sofreu com a falta de sorte, mas teve um fim de semana forte em Interlagos, superando erros para conquistar seu segundo pódio de 2014.
 
“Ter a chance de se vingar de uma situação que ele não podia controlar foi um ímpeto”, explicou Todt. “Finalmente ter uma boa máquina nas mãos deu a ele ainda mais motivação”, comentou.
 
“As circunstâncias eram tais que os pontos nem sempre eram fáceis — não estou falando de azar, mas de circunstâncias adversas. Em contraste, a segunda metade da temporada foi muito boa”, avaliou. “Ele também não ficou desapontado com os resultados de [Valtteri] Bottas — ao contrário. É uma prova do bom carro e do bom time”, assegurou. 
 
“O comprometimento dele é total em todas as áreas. Ele também sabe que não tem mais 20 anos e não tem muitas temporadas pela frente, daí o seu desejo de não desistir”, justificou. “Eu raramente o vi tão feliz. A Williams é, definitivamente, um super time britânico, mas, paradoxalmente, também vejo que é mais fácil, sem pressão, sem política”, completou.

Massa tem 98 pontos e ocupa a oitava posição no Mundial de Construtores.

DIVIDINDO A CULPA

Felipe Massa conseguiu mais um bom resultado correndo em casa. No último domingo, o brasileiro subiu ao pódio com a terceira colocação. A corrida também ficou marcada por dois erros do piloto da Williams. Primeiro, Massa excedeu o limite de velocidade nos boxes e teve 5s acrescidos em sua parada seguinte. Depois, errou de boxes e acabou na McLaren, quase se complicando com Jenson Button, que vinha pouco atrás para realizar a sua parada. Diretor de performance do time inglês, Rob Smedley elogiou muito a performance do piloto brasileiro no GP do Brasil e assumiu parte da culpa pelo erro nos boxes.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

BOM DIA, GP
Schumacher ganhou título em ano em que todo mundo roubou

"Em 1994, todo mundo roubou", diz Flavio Gomes sobre a temporada que foi marcada pelas mortes de Ratzenberger e Senna, e teve a decisão, em Adelaide, definida num acidente entre o alemão, da Benetton, e Damon Hill, da Williams.

O jornalista fala do primeiro título mundial do alemão em seu comentário em vídeo nesta quinta-feira (13) no 'Bom Dia, GP'.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube