F1

Norris descarta surpresa por McLaren sem falhas em Barcelona e exalta quilometragem: “É o mais importante”

Lando Norris saiu contente da primeira experiência com o novo carro da McLaren nesta terça-feira (19) em Barcelona. O jovem inglês foi o segundo mais rápido do dia e conseguiu completar mais de 100 voltas ao longo da sessão

GRANDE PRÊMIO, de Barcelona / EVELYN GUIMARÃES, do Circuito da Catalunha
 Lando Norris (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Depois de Carlos Sainz fazer a estreia no MCL34 em Barcelona, a terça-feira (19) viu o novato Lando Norris ter o primeiro contato com o novo carro inglês. E como o companheiro espanhol, o jovem usou os primeiros momentos da sessão para se adaptar e entender o modelo, enquanto a fase vespertina das atividades foi dedicar ao acúmulo de quilometragem. Ao fim do dia, Lando apenas se disse feliz por ter passado o primeiro dia sem grandes problemas e com a segunda melhor marca da sessão, atrás apenas de Charles Leclerc, o mais rápido na Catalunha
 
De fato, a McLaren vem experimentando uma pré-temporada bastante produtiva, especialmente na comparação com os últimos anos em que sofreu com a confiabilidade de motor e com falhas mecânicas do carro. Até agora já são 223 voltas e a vice-liderança na tabela nos dois dias. Inclusive, Lando foi mais rápido que o companheiro Sainz: 0s005 foi a diferença entre os dois. 
 
Lando Norris foi o segundo melhor do dia (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
“Foi a minha primeira vez no carro. Foi mais uma questão de sentir a velocidade e me sentir confortável dentro do carro. O ponto positivo foi que conseguimos completar mais de 100 voltas. Acho que isso foi o mais importante, dar quilometragem ao carro é a principal coisa aqui. Então, por conta disso estamos muito felizes. e eu estou contente porque também pude aprender mais sobre o carro”, afirmou um sorridente Norris aos repórteres, incluindo o GRANDE PRÊMIO.
 
Por conta do histórico da equipe inglesa nos últimos anos, o britânico de apenas 19 anos ressaltou a ausência de contratempos ao longo do dia e reiterou o trabalho de entender o carro antes do GP da Austrália, que acontece em 17 de março e que abre a temporada 2019 da F1. “Não tive nenhuma surpresa. Temos agora um conhecimento decente sobre tudo o que testamos e descobrimos deste carro”, falou o novato. “Como conjunto, acho que aprendemos muito nestes dois dias. Por isso, posso dizer que não houve surpresa. Mas é bom saber que passamos o dia todo sem grandes problemas”, contou.
 
“É claro que é apenas o primeiro dia, acho que algum momento vamos enfrentar algum tipo de problema, mas agora é uma questão de garantir que tudo funcione bem no carro. Que possamos entender tudo antes do GP da Austrália. De qualquer forma, me sinto confiante e confiante na equipe”, completou.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.