Pérez escapa ileso após capotar no TL1 na Hungria e fala em acidente feio e estranho: “Foi uma falta de sorte”

Sergio Pérez escapou ileso do acidente sério que sofreu no primeiro treino livre em Hungaroring, nesta sexta-feira (24). O mexicano capotou, mas conseguiu sair sem ajuda de dentro do carro. "Foi um acidente feio e foi realmente uma falta de sorte", disse

Sergio Pérez saiu ileso do sério acidente que sofreu na parte final do primeiro treino livre para o GP da Hungria, realizado nesta sexta-feira (24), em Hungaroring. O mexicano escapou na saída da curva 11, bateu na zebra e, com a quebra da suspensão traseira direita, acabou batendo no guard-rail interno e capotando.

Pérez conseguiu sair sozinho de dentro do carro sem maiores problemas. O piloto da Force India ainda foi ao centro médico da pista húngara, mas nada foi constatado. "Foi um acidente feio e foi realmente uma falta de sorte", afirmou Pérez aos jornalistas na pista magiar.

Pérez bateu e capotou durante o treino desta sexta-feira (Foto: AP)

"A pista estava muito suja, eu estava no lado errado do traçado, foi um ângulo ruim, então acabei capotando. Mas está tudo bem", completou. "Foi um acidente estranho. Eu achei estava no controle o tempo todo. Agora, temos de verificar tudo e analisar os detalhes", acrescentou.

A Force India ainda não informou as causas exatas do acidente, mas sugestões iniciais apontam mesmo para uma quebra da suspensão no momento em que o carro bateu nas zebras.

Pérez ainda terminou a sessão na oitava posição, a 1s6 do tempo de Lewis Hamilton, o mais rápido da atividade. Mas dificilmente poderá andar no segundo treino, devido às avarias no carro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube