Pérez dá de ombros para pódio perdido: “O mais importante é que Grosjean está bem”

O mexicano ficou muito perto de conquistar seu décimo pódio na Fórmula 1, mas a quebra de motor nas voltas finais colocou o terceiro lugar a perder no Bahrein. Entretanto, pouco importa para Sergio Pérez diante do acidente terrível sofrido por Romain Grosjean

Grosjean bate em acidente gravíssimo, renasce das chamas e sai de ambulância no Bahrein
Haas informa que Grosjean tem queimaduras leves e suspeita de fratura nas costelas
Grato por saúde de Grosjean, Hamilton lembra que riscos da F1 “não são brincadeira”

Faltou muito pouco para Sergio Pérez conquistar seu segundo pódio consecutivo na temporada e o décimo da carreira na Fórmula 1. Na esteira de uma corrida muito boa no GP do Bahrein deste domingo (29), o mexicano andou em terceiro pouco depois da largada e superou a Red Bull de Alexander Albon. Ao longo de toda a prova, ‘Checo’ teve uma pilotagem segura e caminhava para conquistar mais um troféu. Só que aí veio o revés com a quebra do motor Mercedes que empurra o carro #11 da Racing Point.

Só que, diante de tudo o que aconteceu nesta noite em Sakhir com o acidente gravíssimo sofrido por um Romain Grosjean que escapou por milagre das chamas do seu carro na curva 3, Pérez deu de ombros para o pódio perdido. Vale mais, muito mais, sempre, a vida humana e a felicidade de ver que um colega de trabalho está vivo e bem.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

SERGIO PÉREZ; RACING POINT; F1; FÓRMULA 1; GP DO BAHREIN;
Sergio Pérez fez outra grande atuação na temporada, mas não lamentou o pódio perdido no Bahrein (Foto: Racing Point)

“Foi um acidente louco. E saber que você tem de voltar ao carro em 40 minutos foi… Foi um grande alívio ver que ele está bem Voltar ao foco foi bem difícil”, admitiu o mexicano, que ao zerar na pontuação neste domingo caiu para quinto lugar no Mundial de Pilotos. ‘Checo’ segue com 100 pontos, dois a menos que Daniel Ricciardo, o quarto.

“Quando tive de abandonar, particularmente foi um grande golpe. Mas depois do que aconteceu hoje, você tem de colocar tudo em perspectiva”, salientou o mexicano, que vai dar uma entrevista coletiva nesta segunda-feira à tarde (14h30 de Brasília).

Sobre o pódio perdido nesta noite, Pérez entende que, no fim das contas, é irrelevante e há algo muito mais importante a abordar neste domingo tenso no Bahrein.

“Para mim, é um pódio a menos, um pódio a mais. Mas o mais importante é que Romain está bem e está conosco. Agora temos de ver o que podemos melhorar em termos de segurança”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube