Pérez nega rumores sobre conversa com McLaren, mas se diz pronto para defender equipe grande na F1

Sergio Pérez afirmou que se vê pronto para defender uma equipe grande na F1, mas negou os rumores sobre uma possível negociação com a McLaren

Sergio Pérez afirmou que se sente, sim, pronto para o desafio de defender uma equipe de ponta na F1, apesar da insistência de Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, em dizer que o mexicano ainda não possui experiência suficiente para pilotar o carro vermelho.

Questionado sobre o assunto durante a coletiva de imprensa, para o GP de Cingapura nesta quinta-feira (20), o piloto da Sauber disse que "respeita integralmente" a visão de Montezemolo, mas acrescentou que a experiência que adquiriu nos dois anos de F1 já o credencia para correr em time grande do grid.

Pérez diz que tem experiência suficiente para defender equipe grande na F1 (Foto: Sauber)

"É apenas meu segundo ano na F1. E eu em sinto capaz de fazer um bom trabalho em uma equipe de ponta. Sei que tenho condições de lutar pelo campeonato, pelo título. Então, nesse sentido, eu acho que estou pronto, mas respeito totalmente a opinião dele", declarou Pérez, que tem até o momento em 2012 três pódios.

O mexicano de 22 anos também negou os rumores sobre uma eventual aproximação da McLaren. "Em relação aos boatos sobre a McLaren, é como eu digo sempre, há muito especulação por aí. Antes era a Ferrari e agora é a McLaren. Sempre que tenho uma boa corrida, as pessoas me colocam em outra equipe", disse.

"Então, a coisa mais importante agora é continuar fazendo um bom trabalho e tentar tirar proveito de todas as oportunidades e conseguir o melhor desempenho possível do carro para as próximas corridas", completou.

Sergio, entretanto, ainda comentou que um eventual acordo com a McLaren nada tem a ver com sua ligação com a Ferrari. "Não. Eu tenho uma conexão boa com a Ferrari por meio da Academia de Pilotos, mas sou apenas parte da Academia, não da equipe Ferrari. Portanto, isso não afeta [um acordo com a McLaren]", finalizou.

De acordo com os rumores na imprensa europeia, Pérez já aparece como principal candidato à vaga de Lewis Hamilton na equipe inglesa, caso o britânico, campeão de 2008, resolva deixar o time de Woking ao fim da temporada.  

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube