F1

Pérez se empolga e define nova Force India como “melhor lugar para se estar, fora Ferrari e Mercedes”

Sem chances de defender as duas equipes de ponta da Fórmula 1, Sergio Pérez acha que o melhor lugar possível no grid é a Force India sob gestão de Lawrence Stroll. O mexicano relata um clima de otimismo interno após a troca de donos
Warm Up / Redação GP, de Berlim
Desconsiderando Ferrari e Mercedes, qual a melhor equipe para defender na Fórmula 1? Para Sergio Pérez, a resposta está clara: o mexicano acredita que a nova Force India, agora sob comando de Lawrence Stroll, tem tudo que precisa para se agigantar nos próximos anos.
 
“Estou aqui há muito tempo, mais do que esperava estar. Estou confortável aqui. Fico muito otimista”, disse Pérez, entrevistado pelo site ‘RaceFans’. “Se você não pode estar em uma Ferrari ou uma Mercedes, aí eu acho que a Force India é o melhor lugar para se estar. Existe muito potencial na equipe. Fui o melhor ‘do resto’ por dois anos e cheguei muito perto de ser em um terceiro seguido [2018]. Existe a expectativa de ir em frente. Ainda vamos ver como as coisas vão se desenrolar no próximo ano, mas estou certamente empolgado com o futuro da equipe”, continuou.
 
A Force India se acostumou a conquistar resultados grandiosos no pelotão intermediário de 2014 para cá, mesmo com problemas financeiros e orçamento modesto em relação às rivais. A situação fugiu de controle em 2018, quando a equipe entrou em processo de falência na altura do GP da Hungria. O investimento pesado de Lawrence Stroll – que também garantiu Lance como titular em 2019 – fez a equipe rosácea seguir em frente.
Sergio Pérez não esconde a empolgação com o futuro (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Agora com maior estabilidade financeira, outrora calcanhar de aquiles, a Force India se permite sonhar alto. Lawrence Stroll já fala abertamente em tentar ser “uma das maiores equipes”. Pérez assina embaixo, mesmo que pedindo paciência.
 
“Eu estive conversando com praticamente todo mundo na equipes, dos mecânicos aos engenheiros, e todos estão empolgados. O Lawrence [Stroll] está entusiasmado com o projeto. Sabemos que é algo de longo prazo e sinto uma direção muito boa da parte dos nossos chefes. Tudo parece estar no lugar certo. Mesmo assim, precisamos entender que essas coisas pedem tempo. Já vimos com outras equipes quanto tempo isso pode durar [até melhorar]. Mas acho que se existe uma equipe capaz de dar esse próximo passo, essa equipe é a Force India”, encerrou.