Petronas estipula meta e pretende levar GP da Malásia de volta ao calendário da F1 em 2026

De acordo com a Reuters, a Petronas, que adquiriu os naming rights do Circuito de Sepang por três anos, tem o desejo de levar o GP da Malásia de volta à F1

Trazer o GP da Malásia de volta para a Fórmula 1 em 2026 é um dos objetivos da Petronas, petrolífera estatal do país. A última corrida seadiada no Cincuito Internacional de Sepang – que recebia a F1 desde 1999 – aconteceu em 2017. A saída do calendário da categoria foi resultado da queda de vendas e aumento de custos para realizar a etapa.

De acordo com informações da Reuters, Tengku Muhammad Taufik Tengku Aziz, presidente da Petronas, revelou o desejo de levar a F1 de volta para a Malásia. Em 2023, a petrolífera adquiriu os ‘naming rights’ do circuito malaio por três anos.

Relacionadas


A agência britânica também procurou a empresa e o gabinete do primeiro-ministro, mas não obtiveram retorno. Contudo, no ano passado, a Ministra de Esportes, Hanna Yeoh, apontou problemas financeiros para voltar a sediar uma corrida de F1.

A Petronas é patrocinadora da Mercedes na maior categoria do automobilismo desde 2010, quando a montadora alemã decidiu vender a sua parte na McLaren e comprar a Brawn GP. O auge, sem dúvida, veio a partir de 2014, com o início da era dos motores híbridos na F1: foram nada menos do que oito títulos de Construtores consecutivos e sete de Pilotos (seis com Lewis Hamilton e um com Nico Rosberg).

Petronas e Mercedes têm relação na F1 desde 2010 (Foto: Mercedes)

Em 2023, ambas as partes reafirmaram os laços e renovaram o acordo multianual para além de 2026. É a partir dessa temporada que a F1 terá uma de suas maiores mudanças técnicas, com motores construídos para funcionar com combustíveis totalmente sustentáveis. A FIA anunciou em agosto que as novas unidades de potência fazem parte do processo de inovação e sustentabilidade buscado pelo órgão.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.