Gasly se diz “realmente triste” por ausência de Giovinazzi na F1 2022: “Um grande cara”

Antonio Giovinazzi sai do grid da F1 e vai para a Fórmula E na temporada 2022, deixando o colega Pierre Gasly muito triste por sua ausência. O francês rasgou elogios ao ex-piloto da Alfa Romeo

Depois de três temporadas completas, Antonio Giovinazzi não estará no grid da Fórmula 1 em 2022, substituído na Alfa Romeo pelo novato chinês Guanyu Zhou, que sobe da F2. E a saída do italiano acabou chateando alguns colegas de profissão, especialmente Pierre Gasly, com quem correu nas categorias menores.

Em 2022, Giovinazzi estará na Fórmula E, pela equipe Dragon, além de ficar na função de piloto reserva de Alfa Romeo e Ferrari na F1. Mesmo assim, sua ausência será sentida no grid por Gasly.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Antonio Giovinazzi vai correr na Fórmula E em 2022 (Foto: Alfa Romeo)

“Estou realmente triste por vê-lo deixando o paddock, pois é um grande cara e uma pessoa bacana”, afirmou após pergunta de um fã.

Gasly ainda disse que, agora, as maiores amizades que possui no paddock são com o companheiro Yuki Tsunoda e com Charles Leclerc, da Ferrari.

“Charles é claramente meu melhor amigo no paddock. O Yuki, depois dessa temporada, onde passamos muito tempo juntos, comecei a ter um bom relacionamento com ele. Sou amigo de quase todos, mas diria que estes são os mais próximos”, pontuou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar