Pirelli volta atrás após testes no Japão e já planeja manter pneus C2 iguais em 2024

Depois de receber feedback abaixo do esperado, Pirelli analisa a possibilidade de não fazer alterações no pneu C2 para a temporada 2024 da Fórmula 1

A Pirelli distribuiu dois conjuntos de protótipos de pneus C2 para os pilotos durante o GP do Japão, como forma de testar o componente para um possível uso em 2024. No entanto, após os feedbacks mostrarem que a borracha não apresentou o nível de desempenho esperado, a fornecedora estuda a possibilidade de descartar as mudanças.

Os planos da Pirelli eram tornar o  C2, terceiro composto mais duro disponível na gama que vai de C0 a C5, ligeiramente mais macio. Isso porque o componente tem um desempenho muito similar ao do C1, mas muito distante do C3. A mudança ajudaria a tornar a diferença entre as borrachas um pouco mais iguais.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Testes realizados no Japão não trouxeram o resultado esperado (Foto: Red Bull Content Pool)

No entanto, com um feedback longe do que se esperava, a fornecedora italiana afirma que deve manter o pneu C2 atual para a próxima temporada.

“Olhando para os dados, e também considerando a evolução da pista, acredito que o protótipo não tem a aderência que nós estávamos procurando. Portanto, provavelmente continuaremos com o C2 atual no próximo ano. Sem um resultado claro, um passo claro na aderência, não há razão para mudar e introduzir um novo composto quando temos o C2 atual que está funcionando bem”, disse Mario Isola, chefe da Pirelli na Fórmula 1.

A Pirelli vai realizar novos testes com pneus protótipos durante o fim de semana do GP do México, que acontece entre os dias 27 e 29 de outubro. No entanto, dessa vez os experimentos vão ser feitos na borracha C4.

“Queremos testar o C4 no México com o mesmo sistema, portanto não teremos nenhum TL2 dedicado, mas apenas dois conjuntos de protótipos para cada piloto. O objetivo não é mover o C4, porque a posição é boa. Mas o C4 mostrou bastante granulação durante a temporada. Então, queremos melhorar a resistência mecânica e ter uma faixa de trabalho mais ampla”, finalizou Isola.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.