Por teste de paternidade, juiz argentino confirma que exumação do corpo de Fangio vai acontecer nesta semana

Juan Manuel Fangio, cinco vezes campeão mundial de F1, terá o corpo exumado no próximo dia 7 de agosto, depois de uma determinação judicial por conta de um teste de paternidade. O procedimento vai acontecer na cidade argentina de Balcarce, onde o piloto nasceu e está enterrado

CONFIRA O VÍDEO ON-BOARD DA BATIDA NA STOCK CAR

determinarTipoPlayer(“15561192”, “2”, “0”);

O corpo do pentacampeão mundial de F1, Juan Manuel Fangio, será de fato exumado no fim desta semana, depois de uma decisão judicial por conta de um teste de paternidade. O procedimento está marcado para a próxima sexta-feira, dia 7. O argentino morreu aos 84 anos, no dia 17 de julho 1995, sem nunca ter se casado e reconhecido filho algum.

Em 10 de julho, um tribunal em Mar del Plata — a cidade argentina mais próxima a Balcarce, onde o piloto nasceu e está enterrado — autorizou a exumação do corpo a fim de determinar se Fangio era ou não pai de um homem chamado Oscar “Cacho” Espinosa.

Oscar Espinosa diz ser filho de Juan Manuel Fangio (Foto: Minuto Balcarce)

De acordo com a sua biografia oficial, Fangio manteve um longo relacionamento com Andrea Berruet, que teve fim em 1960. Deste relacionamento teria nascido Espinosa, que também foi piloto e chegou à F3 Europeia.

No entanto, o procedimento foi suspenso poucos dias depois por um tribunal diferente, localizado em La Plata, capital da província de Buenos Aires. Isso ocorreu devido a um caso anterior de reconhecimento de paternidade. Suposto filho do pentacampeão, Rubén Vázquez foi o responsável pela ‘ordem de suspensão’ para extrair o DNA de Fangio.

Ao contrário de Espinoza, cuja mãe, Andrea Berruet, manteve um relacionamento longo com Juan Manuel, não há provas contundentes de que Vázquez seja filho do piloto.

Agora, porém, o juiz Rodrigo Cataldo, encarregado do Tribunal de Mar del Plata, em que corre a ação, confirmou na terça-feira (4) que a exumação vai mesmo acontecer como planejado inicialmente, na data original de 7 de agosto, a partir das 11h (hora local), no cemitério de Balcarce.

Fangio foi cinco vezes campeão da F1. Em 1951, 1954, 1955, 1956 e 1957. O argentino ainda teve dois vices, em 1950 e 1953. Ou seja, em todas as temporadas completas, foi campeão ou vice.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube