Preterido por Russell em chance na Mercedes, Vandoorne diz que decisão “machuca”

Apesar de entender a escolha por George Russell, Stoffel Vandoorne deixou claro que ficou chateado com a decisão da Mercedes

Reserva da Mercedes na temporada 2020 ao redor de todo o calendário, Stoffel Vandoorne esperava ter a chance de guiar o carro de Lewis Hamilton após o diagnóstico do heptacampeão de positivo para o novo coronavírus. Não aconteceu. George Russell ficou com a vaga, ao passo que Jack Aitken foi chamado pela Williams. Ruim para o belga.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Vandoorne, que defendeu a McLaren nas temporadas 2017 e 2018 e atualmente é piloto da Mercedes na Fórmula E, continua, assim, fora do grid. Apesar de entender a decisão da Mercedes por um piloto afiliado no qual vê futuro, ainda terminou decepcionado.

“Primeiramente, quero desejar a Lewis Hamilton uma recuperação rápida. Espero que ele esteja no carro novamente logo. Claro que estou decepcionado por não ter uma chance de guiar pela Mercedes neste fim de semana. Depois de passar um ano viajando para todas as corridas da F1 e dedicar tanto tempo, treinamento e compromisso ao programa… machuca”, disse.

Stoffel Vandoorne defende a Mercedes na Fórmula E (Foto: Mercedes)

“Por outro lado, respeito a escolha de colocar George Russell no carro. Ele tem sido um dos pilotos de destaque e merece totalmente eessa oportunidade. Momentos como esses fazem minha votade de guiar ainda maior. Posso assegurar que seguirei dando 100%”, seguiu.

“Agradeço a todos pelas mensagens de suporte. Tem sido realmente ótimo de ver”, encerrou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades para o GP de Sakhir AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube