Principal motivo para volta de Zandvoort à F1, Verstappen elogia escolha: “É uma pista icônica e histórica”

A Fórmula 1 confirmou nesta terça-feira (14) que Zandvoort receberá o GP da Holanda a partir de 2020. E se a categoria retorna à Holanda, o principal motivo é a "onda" Max Verstappen. Desta forma, o piloto foi obrigado a comentar a novidade para seu país

A confirmação de que a Holanda voltará a receber a Fórmula 1 após 35 anos, feita pela categoria nesta terça-feira (14), tem como seu principal motivo a "onda" Max Verstappen, que leva torcida vestida de laranja por onde quer que vá.

Desta forma, ficou impossível que o piloto da Red Bull não comentasse sobre a escolha de Zandvoort, pista que receberá a F1 no país a partir de 2020 e que substitui Barcelona no calendário.

"É uma pista icônica e história", disse Verstappen. "Corri lá com a F3 anteriormente e foi muito divertido. Comparo a pista um pouco com Suzuka, porque é desenhada pela mesma pessoa e as características são similares. É uma pista muito rápida e é sempre bom ter novidades no calendário."

A F1 terá o retorno de Zandvoort ao calendário (Foto: Red Bull Content Pool)

Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #17: Fórmula 1 no RJ em 2020? Parece mentira… E deve ser mesmo



  Ouça no Spotify

  Ouça no iTunes

  Ouça no Android

  Ouça no playerFM

Zandvoort foi palco de 30 GPs entre os anos 1952 e 1985 e tem em Jim Clark seu maior vencedor, com quatro vitórias. A Ferrari, por sua vez, leva a melhor entre os Construtores, com oito triunfos. O acordo anunciado nesta terça-feira tem validade de três anos a partir de maio de 2020.

Verstappen já andou de F1 em Zandvoort anteriormente, em teste com a Red Bull. Segundo ele, a pista será "desafiadora", pois há muitas curvas "apertadas e sem área de escape".

"É muito legal, difícil de encontrar o limite. Em algumas pistas é um pouco mais fácil, mas isso torna a espera por ela bem animadora", concluiu.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar