Projetista da Red Bull acha regulamento de 2014 “engraçado” e lamenta bico “feio e desajeitado”

Adrian Newey lamentou os bicos feios e desajeitados que o regulamento 2014 da F1 impôs. O gênio da Red Bull ainda questionou as regras e não vê grande contribuição com relação à segurança

Mesmo tendo desenhado um RB10 longe das excentricidades vistas nos projetados dos rivais, Adrian Newey, o responsável pelo modelo 2014 da Red Bull, admitiu que o regulamento deste ano é "realmente engraçado". Presente na apresentação do carro no pit-lane de Jerez de la Frontera, na manhã desta terça-feira (28), o engenheiro inglês falou sobre os novos regulamentos e a dificuldade para acomodar todos os componentes do motor V6.

"O novo motor é um grande desafio. É extremamente complicado instalar esse novo pacote. É a maior mudança de motor na F1 desde o desaparecimento dos turbos no final nos anos 80. Obviamente, a Renault é a responsável por tudo isso, o nosso trabalho é apenas tentar instalar o motor da forma mais pura possível", explicou.

RB10 (Foto: Red Bull)

As grandes mudanças aerodinâmicas também foram tema de discussão, e Newey acrescentou que os carros estão "feios e deselegantes". E lamentou. "Acho que nenhum dono de equipe realmente gosta desses novos modelos."

O criador dos últimos carros vencedores da Red Bull também revelou dúvidas se as alterações com relação à parte dianteira dos carros vão realmente contribuir para melhorar a segurança. Para 2014, por conta nas novas regras, as equipes tiveram de reduzir a ponta do nariz dos carros, por isso o design esquisito de alguns modelos, como o bico de 'bagre' da Ferrari ou o 'Gonzo' de McLaren, Toro Rosso e Force India.

"Nós temos agora um bico mais baixo para evitar que um carro levante voo em um eventual toque, como o que o incidente de anos atrás entre Mark Webber e Heikki Kovalainen. Se realmente faz diferença ou não é um ponto discutível, mas foi considerado seguro, por isso tivemos de seguir esse caminho", falou Newey.

"É um regulamento engraçado, em que você tem a impressão que o carro tem quase dois bicos. Em graus variados, todos terão esses bicos feios e desajeitados, o que eu acho uma pena. Para mim, a estética de um carro de F1 é importante", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube