Räikkönen descarta contratos longos e afirma que acordo de um ano com Lotus "torna vida mais fácil"

Kimi Räikkönen afirmou que o vínculo de uma temporada apenas com a Lotus é uma forma de torna a vida mais fácil, porque o deixa livre para escolher um caminho novo após 2013

Com seu estilo peculiar, Kimi Räikkönen explicou nesta quinta-feira (1), em Abu Dhabi, onde a F1 desembarca neste final de semana para a antepenúltima etapa do campeonato 2012, a razão pela qual optou por um contrato de apenas uma temporada com a Lotus. O finlandês disse que vínculo curto torna a vida mais fácil se quiser fazer outra coisa após 2013. O anúncio do novo acordo foi feito nesta semana.

Räikkönen retornou à F1 neste ano, ao volante do carro preto e dourado da equipe inglesa, depois de duas temporadas de ausência, em que se dedicou ao Mundial de Rali. A volta do piloto de 33 anos tem sido bastante elogiada. Kimi, que ocupa a terceira posição na classificação geral, soma seis pódios nesta temporada.

Räikkönen assinou novo contrato com a Lotus para 2013 (Foto: Lotus/Andrew Ferraro/LAT Photographic)

"Estou feliz assim em fechar contratos ano a ano e ver o que acontece", disse o nórdico aos jornalistas. "Isso torna a vida mais fácil para mim e não vejo razão alguma para firmar contratos longos", completou o piloto, acrescentando muitos elogios à equipe Lotus. "Gosto de todos aqui. É um grupo muito bom de pessoas. Eles possuem as corridas no coração e não a política, como muitos outros, principalmente porque não é uma grande fabricante de automóveis, e isso faz muita diferença. Não tenho queixas aqui", disse. 

Räikkönen também falou sobre a disputa do título. Com 67 pontos de desvantagem para o líder, Sebastian Vettel, restando apenas três corridas, o finlandês se mostrou realista e, mais uma vez, disse que é bastante improvável uma reação da Lotus, embora garanta que vai tentar até o fim.  "Eu acho que ainda temos uma chance para que continuar pressionando, mas é muito improvável. Não vejo os nossos rivais abandonando as corridas. Mas ainda vamos tentar fazer o nosso melhor e pontuar em todas as provas restantes", concluiu o piloto.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube