Räikkönen inicia trabalhos da Ferrari em 2014 e faz reestreia nos testes de Jerez de la Frontera

Ao contrário do esperado, será o finlandês, e não Fernando Alonso, o primeiro a andar com novo carro da equipe de Maranello nos testes agendados para o fim de janeiro



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});



Kimi Räikkönen iniciará os trabalhos da Ferrari na temporada 2014 da F1. Ao contrário do que se imaginava, será o finlandês, e não Fernando Alonso, o primeiro a ir para a pista com o novo carro da equipe italiana nos testes em Jerez de La Frontera, no fim de janeiro.

 
Recém-contratado para sua segunda passagem pela escuderia de Maranello, onde correu de 2007 a 2009, Kimi estará na pista espanhola nos dois primeiros dias de atividades, enquanto o espanhol, que está no time desde 2010, completará os dois dias restantes. A informação surgiu na imprensa italiana através do jornal 'La Gazzetta dello Sport'.
Kimi Räikkönen abre trabalhos da Ferrari em 2014 (Foto: Ferrari)
Luca di Montezemolo, presidente da marca, vê Räikkönen mais preparado que Felipe Massa para o ano de transição para as novas regras. "Ele está voltando para nós porque teremos novos regulamentos técnicos no próximo ano, e nós precisamos de um piloto experiente ao lado de Alonso", disse o dirigente ao jornal alemão 'Die Welt'.
 
"Estou convencido de que Kimi Räikkönen vai atender às nossas necessidades melhor do que Felipe Massa", enfatizou, sem meias palavras.
 
"Estão dizendo que corremos um grande risco, mas estou aqui desde o início dos anos 1970 e sei que risco é algo com o qual você tem que conviver na F1", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube