Red Bull admite chances de retorno de Gasly: “Acreditamos em seu talento”

Christian Horner trocou Pierre Gasly por Alexander Albon no meio da temporada, mas isso não significa que a história do francês na Red Bull se encerrou. O chefe de equipe admitiu que ainda confia no talento do #10, e por isso ele ainda tem chances de retorno

A passagem de Pierre Gasly na Red Bull não teve muito sucesso e durou apenas 12 corridas. O francês foi rebaixado para a Toro Rosso e trocado por Alexander Albon, mas os bons desempenhos após a saída, coroados com o pódio no Brasil, podem colocar Gasly de volta no time austríaco.
 
Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, comentou que o grupo ainda confia no potencial do francês, segundo colocado em Interlagos após um duelo épico com Lewis Hamilton, e crê que existem chances de retorno. 2020 será o ano expirante de contrato de Max Verstappen e Alexander Albon.
 
"Se não acreditássemos que ele é um candidato, teríamos dispensado do contrato, mas é claro que acreditamos em seu talento e por isso o mantivemos no grupo", disse Horner em entrevista ao ‘Racer.com’. "Ele tinha duas chances. Poderia ficar deprimido ou ser grato pelo fato de ainda estar envolvido na F1 e pela Red Bull ainda acreditar nele, e acho que abraçou isso em vez de ficar desanimado", completou o chefe.
Pierre Gasly (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Após se destacar na Toro Rosso em 2018, Gasly ganhou a promoção para substituir Daniel Ricciardo na Red Bull. Em 12 corridas, foram apenas 63 pontos. Horner se sente aliviado por ter trocado os pilotos na hora certa, já que Albon fez 68 pontos com três corridas a menos.
 
"Acho que é quase um alívio, porque a pressão só aumenta. Ele veio para a temporada com dois acidentes e algumas corridas bem duras. Acho que foi a melhor coisa removê-lo da pressão, e é ótimo ver ele encontrando confiança na Toro Rosso", concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube