Red Bull prevê recuperação “muito, muito rápida” da Mercedes na Fórmula 1 em 2022

Christian Horner, chefe da Red Bull, acredita que a Mercedes tenha a força e o tamanho para se recuperar rapidamente e brigar por vitórias ainda nesta temporada

ASTON MARTIN SEGUE CALVÁRIO NA FÓRMULA 1 NO INÍCIO DE 2022

Quem achou que a Mercedes estava segurando o desempenho durante os testes de pré-temporada no Bahrein quebrou a cara rapidamente. A equipe alemã confirmou as próprias expectativas de que não brigaria por vitórias neste início de temporada. Mas os rivais seguem de olho, e a Red Bull acredita que a equipe alemã possa se recuperar rapidamente para voltar a brigar na frente do grid.

“Acho que, quando você vê os carros deles no circuito, fica óbvio que não está fácil para os pilotos no momento”, disse Christian Horner, chefe dos taurinos, ao site oficial da Fórmula 1. “Mas nós sabemos a habilidade deles de se recuperarem. Eles já tiveram pré-temporadas com dificuldades e em seguida ganharam a primeira corrida”, lembrou o dirigente britânico.

“Então acho que, até nós termos uma amostra de três, quatro corridas, não teremos um panorama real do desempenho de cada um. E com um regulamento tão recente, a taxa de desenvolvimento vai ser altíssima, e é claro que um time como a Mercedes, com a força e o tamanho que tem, vai se recuperar muito, muito rapidamente”, previu Horner.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ As corridas do fim de semana na TV e no streaming: 25 a 27 de março

Christian Horner não saiu nada feliz do Bahrein após ver as duas Red Bull abandonarem (Foto: Red Bull Content Pool)

A equipe alemã ainda conseguiu beliscar um pódio com Lewis Hamilton no GP do Bahrein. Isso só foi possível porque os dois carros da Red Bull abandonaram a prova nas voltas finais com problemas no sistema de distribuição de combustível.

“O lado positivo para nós é que claramente temos um carro competitivo. Não acho que tínhamos o melhor desempenho [no domingo], mas tivemos uma boa briga entre Max [Verstappen] e o Charles [Leclerc]. É uma temporada incrivelmente longa, ainda temos 22 corridas, então precisamos corrigir esse problema para voltar mais fortes para o próximo final de semana”, explicou Christian.

Horner e a Red Bull seguem em busca de seus primeiros pontos em 2022. A Fórmula 1 retorna neste domingo (27) para o GP de Jedá, na Arábia Saudita. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL a partir da sexta-feira.

OS PROBLEMAS DA MCLAREN NO GP DO BAHREIN DA FÓRMULA 1 2022
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar