F1

Ricciardo admite frustração com estratégia em Mônaco e pressiona Renault: “Podemos fazer melhor”

Daniel Ricciardo admitiu a frustração com o erro de estratégia da Renault que o fez andar para trás no GP de Mônaco de domingo (26). O australiano falou em ter uma atitude construtiva, mas deixou claro que a escuderia francesa não pode cometer esse tipo de erro

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Daniel Ricciardo não saiu do GP de Mônaco de domingo (26) satisfeito com a atuação da Renault. Mesmo falando em ter uma postura construtiva, o australiano deixou clara sua insatisfação com a estratégia adotada pelo time.
 
Na prova de Monte Carlo, Ricciardo fez seu pit-stop durante o safety-car causado pelo furo de pneu de Charles Leclerc, enquanto muitos dos rivais ficaram na pista. Sexto no grid, Daniel tinha avançado para quinto após passar Kevin Magnussen na largada, mas acabou em nono após perder posições na parada.
Daniel Ricciardo não gostou muito da estratégia da Renault (Foto: Renault)



  Ouça no Spotify
  Ouça no iTunes
  Ouça no Android
  Ouça no playerFM

“Nós caímos atrás de carros de que não precisávamos cair atrás. Foi frustrante”, disse Ricciardo. “Vou resolver isso com o time. Queremos e podemos fazer melhor. E precisamos começar a fazer melhor”, seguiu.
 
“Obviamente, Lando [Norris] iria nos segurar, porque Carlos [Sainz Jr.] estava abrindo vantagem”, ponderou. “Essas são coisas que, apesar de eu estar guiando e com um monte de coisas acontecendo, posso ver claramente. Como os outros podem não ver? Não podemos cometer esses erros”, frisou.
 
O australiano avaliou que a Renault e “entregou” posições em Monte Carlo e frisou que o time pode fazer melhor.
 
“Aqui, a posição de pista é chave, e nós tínhamos isso”, comentou Daniel. “Durante toda a manhã, nós falamos sobre passar Kevin na largada, e nós fizemos isso. Nós estávamos empolgados, mas simplesmente entregamos tudo de volta”, comentou.
 
“Eu vi Kevin depois da corrida, e ele estava imundo também. Nós dois nos esforçamos bastante. Veja, eu não posso lamentar, tenho de ser construtivo em relação a isso, mas sei que podemos fazer melhor”, concluiu.


 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.