F1

Ricciardo lamenta “largada nojenta” no México e desabafa após quebra: “Não quero correr o que falta”

Após largar na pole e cair para a terceira colocação logo na primeira curva, Daniel Ricciardo ainda teve que abandonar o GP do México nas voltas finais com mais uma quebra do motor Renault. Assim, o australiano desabafou fortemente após a corrida, mostrando que deseja, inclusive, não participar das duas provas faltantes na temporada

Warm Up, da Cidade do México / FELIPE NORONHA, de São Paulo
O final de semana teve a esperança destruída pelo medo, e a chance de vitória se tornou uma derrota dolorosa. Para Daniel Ricciardo, foi assim o GP do México deste domingo (28).

Na corrida vencida por Max Verstappen e que consagrou Lewis Hamilton como pentacampeão mundial, o australiano viveu mais um dia de sofrimento. Pela oitava vez no ano, foi forçado a abandonar uma prova, com mais uma quebra do motor Renault. E isso quando era segundo e sonhava com uma dobradinha da Red Bull.

Após ser forçado a deixar a pista já nas voltas finais, Ricciardo deixou claro: não quer correr as duas etapas faltantes para o fim da temporada (ele, inclusive, se muda para a Renault em 2019).

"Estou furioso com meu carro, odeio meu carro nesse momento. Coloquei ele na pole e já na volta de formação apresentou problemas", desabafou o #3. 
Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"Se ele não dá problema no sábado, dá no domingo. Estou num ponto em que não quero nem vir correr. Não sei o que acontece exatamente, mas acredito que alguém está fazendo algo errado para que isso ocorra", seguiu.

"Eu tenho muito azar. Queria ver vocês só no ano que vem agora, porque as duas próximas corridas eu não quero disputar", deixou claro o quão insatisfeito está Ricciardo.

Ele ainda culpou o começo de corrida, quando foi ultrapassado por Verstappen e Hamilton: "Foi uma largada nojenta. Realmente não tenho palavas para essa desgraça", finalizou o triste australiano.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do México de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.
 
E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br.