Rosberg alerta e diz que “Ferrari está mais perto da Mercedes do que conseguiu mostrar” no GP da China

Nico Rosberg insistiu em dizer que a Ferrari está muito mais perto da Mercedes do que deu a entender no GP da China, disputado no último domingo. Para o alemão, a equipe italiana é a maior ameaça, porque ainda não conseguiu mostrar do que é realmente capaz

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Nico Rosberg insistiu que nem ele e nem a Mercedes podem relaxar, apesar da grande vantagem na classificação da F1, após as três primeiras etapas da temporada 2016. A preocupação do alemão está na aproximação cada vez maior da Ferrari, especialmente em ritmo de corrida. Para o líder do campeonato, a equipe italiana "ainda não mostrou o que pode realmente fazer".
 
No GP da China, corrida disputada no último fim de semana, o dono do W07#6 conquistou a terceira vitória no ano e a sexta seguida. Na tabela, Nico tem 75 pontos, contra 39 de Lewis Hamilton. Sebastian Vettel, o melhor entre os ferraristas, aparece em quarto, 42 pontos atrás do compatriota da Mercedes.
Nico Rosberg e Sebastian Vettel festejam pódio no GP da China, em Xangai (Foto: Getty Images)
"A Ferrari, de fato, ainda não mostrou do que é realmente capaz. Eles tiveram muitos problemas e achamos que eles estão muito, muito perto de nós", afirmou Rosberg.
 
"Então, nós precisamos continuar mantendo a cabeça baixa trabalhando. Por exemplo, na classificação em Xangai, se Kimi Räikkönen não tivesse cometido um erro, teria ficado bem mais próximo", completou.
 
O filho de Keke também entende que a Red Bull é uma ameaça potencial. "A Red Bull foi a surpresa do fim de semana, eles estiveram perto na classificação e na corrida também. Embora a gente só fale da Ferrari, a Red Bull está aí também."
 
"Eles deram um grande passo, foi uma surpresa, considerando que provavelmente eles têm um motor bem menos potente em relação ao nosso", acrescentou.
PADDOCK GP #25 FALA SOBRE F1 NA CHINA, INDY, MOTOGP E F-E

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube