Sauber defende nome de patrocinadora em nova identidade: “Críticas sempre estarão lá”

Chefe da Sauber, Alessandro Alunni Bravi destacou o engajamento das redes sociais da equipe após o anúncio da nova identidade visual e garantiu que os fãs vão se acostumar com a nomenclatura à medida em que experimentam novas ativações junto ao público

Rebatizada com o nome de sua principal patrocinadora após o fim da parceria com a Alfa Romeo, a Sauber — que escolheu a alcunha oficial de Stake F1 Team até a chegada da Audi, em 2026 — encarou uma série de críticas por ‘ignorar a identidade’ da equipe suíça, presente na Fórmula 1 desde 1993 — o que rendeu até um processo judicial na Suíça. No entanto, o chefe da escuderia, Alessandro Alunni Bravi, enxerga a situação de maneira diferente e usou como argumento a ‘explosão’ nas redes sociais do time após o anúncio da nova identidade.

“Primeiramente, vamos considerar que um dos maiores artistas do mundo, Drake, anunciou nossa nova identidade”, disse Alunni Bravi. “Tivemos 22 milhões de visualizações no anúncio da equipe em dois dias, um número que nunca alcançamos em nenhum de nossos posts nas redes sociais”, explicou.

“Isso também mostra o potencial das mídias sociais, se você tiver visão e uma comunicação adequada. Você realmente consegue alcançar novos objetivos”, pontuou.

Segundo ele, as críticas eram esperadas após uma mudança profunda, mas o chefe acredita que toda alteração causa um efeito de estranhamento no público mais antigo. Alunni Bravi destacou a intenção da Sauber de estabelecer uma nova identidade, pelo menos até a temporada de 2026 — quando a equipe prevê a chegada da Audi.

A Stake dá nome à Sauber a partir de 2024 (Foto: Sauber)

“É claro que haveria críticas, porque algumas pessoas têm afinidade com o nome Sauber e esperam algo diferente. Mas realmente queremos ter uma nova identidade. Acho que essas pessoas vão ver como nos comunicamos, como nos tornamos próximos a elas e todas as atividades que planejamos para engajar os fãs”, explicou.

Por fim, o chefe da Sauber admitiu que trata-se de um nome diferente das concorrentes, mas disse que enxerga um prazo de validade para as críticas — à medida em que os fãs perceberem que a nova identidade visual virá acompanhada de uma série de medidas para fidelizar o público.

“Então, acho que vão esquecer disso e ver o quão animador é o próximo capítulo. As críticas sempre estarão lá quando você tenta algo novo. Quando busca uma nova linguagem, um nome diferente das outras equipes, é sempre fácil ser crítico”, destacou.

Agora em preto e verde, a equipe aguarda a chegada da Audi em 2026 (Foto: Sauber)

“Mas, quando você leva em consideração tudo o que estamos fazendo, vê que nosso objetivo é mostrar os benefícios de nossa escolha”, finalizou o chefe da Sauber.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.