Vettel diz que precisa mudar estilo em Portugal e lamenta: “Carro não faz o que eu quero”

Depois de mais um dia complicado para a Aston Martin, Sebastian Vettel afirmou que precisa mudar algumas coisas num carro que ainda não responde

Lewis Hamilton liderou a sexta-feira de treinos em Portugal: veja os melhores momentos (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Se alguém esperava que Sebastian Vettel aparecesse no fim de semana do GP de Portugal em nível superior ao visto nas primeiras duas etapas da temporada, ficou decepcionado. Ao menos nos treinos livres desta sexta-feira (30), o tetracampeão ficou longe do companheiro Lance Stroll. E admitiu que vai precisar mudar algumas coisas para a sequência em Portimão.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Após terminar na 15ª colocação e mais de 0s6 atrás de Stroll no TL2, Vettel disse que o ritmo de classificação é bem fraco e que o carro da Aston Martin ainda não responde ao que tenta fazer.

“Não me senti confortável nas simulações de classificação e ainda estou com dificuldades para juntar tudo numa volta. Tentamos algumas coisas diferentes, mas ainda não encontramos o resultado que queremos. Com tudo que tentamos, tenho certeza de que teremos alguma coisa para amanhã”, disse.

Vettel foi 15º no dia com a Aston Martin (Foto: Aston Martin)

“O carro ainda não faz o que eu quero. Creio que podemos trabalhar no setup para cá, mas também no estilo de pilotagem. Nas simulações de corrida, está bem melhor, consegui dar mais voltas. Nas outras, está difícil de acertar a janela dos pneus”, seguiu.

Questionado se a distância para Stroll deixou frustração, entretanto, negou. “Na verdade, não. Ele está guiando um pouco diferente neste fim de semana, e isso [a diferença] estava claro desde o começo. Espero que ele possa avançar mais um pouco com esse estilo”, concluiu.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste sábado em Portimão. A partir de 8h (de Brasília), os pilotos aceleram para o treino livre 3, também com duração de 60 minutos. E às 11h, os competidores voltam à pista para a classificação que vai definir o grid de largada. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP de Portugal de F1. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube