Pérez admite dificuldades com pneus e estratégia na Turquia: “Não avançamos muito”

Sem conseguir tirar proveito da melhora da pista e do carro da Red Bull na classificação deste sábado (9), Sergio Pérez lamentou ficar longe de Max Verstappen, mas espera conquistar bons pontos na corrida de domingo

F1 NA TURQUIA: HAMILTON SOBRA E POLE FICA COM BOTTAS. VERSTAPPEN LARGA NA SEGUNDA POSIÇÃO | Briefing

Ainda que tenha passado para o Q3 junto a Max Verstappen, Sergio Pérez alcançou apenas a sétima colocação na classificação deste sábado (9) — que, na verdade, vai se tornar um sexto lugar no grid de largada, já que Lewis Hamilton tem punição de 10 posições a cumprir. A 0s510 de seu companheiro de equipe, ‘Checo’ admitiu que não conseguiu tirar muito proveito da grande melhora de seu RB16B, mas espera poder ajudar os taurinos na corrida de amanhã.

Nos treinos livres da última sexta-feira, mesmo enfrentando dificuldades com o equilíbrio do carro, Pérez terminou o dia à frente de Verstappen. Para a sessão classificatória, ele esperava encontrar mais alguns décimos para evoluir, o que não aconteceu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Não acho que avançamos muito na classificação. As condições na pista eram complicadas, tivemos um pouco de dificuldade com a estratégia e escolha de pneus”, disse ele, em entrevista ao site oficial da Fórmula 1.

“Acho que a pista evoluiu durante a classificação, mas nós não acompanhamos. Não fizemos a volta que estávamos querendo, tínhamos pouca aderência e, em consequência, fizemos pouco com isso. Nós estávamos reagindo [às condições da pista] conforme elas foram melhorando. Mas nos complicamos com a estratégia final”, acrescentou.

Sergio Pérez teve muitas dificuldades com os pneus na classificação do GP da Turquia (Foto: Red Bull Content Pool)

Em entrevista ao canal holandês Ziggo Sport, o mexicano deu detalhes dos problemas que teve com os pneus: “Perdemos um conjunto de pneus mais macios [no Q1], o que nos deixou apenas com um único conjunto de pneus novos no Q3. Nesse conjunto eu estava escorregando e por isso não consegui melhorar meu tempo”, comentou.

Com a Red Bull precisando cada vez mais de Pérez na zona de pontuação, o dono do carro #11 espera por uma boa recuperação no Istambul Park.

“Meu Q3 não foi muito bom com esses pneus novos. Estou ansioso para me recuperar do P6 e espero conseguir o máximo de pontos possível. Será uma corrida muito longa e acho que as ultrapassagens são possíveis. Haverá muito para amanhã”, concluiu.

NORRIS TRAZ CONVERSA FUNDAMENTAL SOBRE PREPARO PSICOLÓGICO NA F1 | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar