Sexta-feira em Montreal amanhece com céu nublado e traz chance de chuva durante treinos livres do GP do Canadá

A abertura dos trabalhos no circuito Gilles Villeneuve vai começar com o tempo fechado nesta sexta-feira. O dia amanheceu nublado e traz 51% de chance de chuva para o início do primeiro treino livre, a partir das 10h locais (11h pelo horário de Brasília)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A programação da sétima etapa da temporada 2017 do Mundial de F1 começa nesta sexta-feira (9) em Montreal. Mas a habitual imagem de céu azul na Ilha de Notre Dame dificilmente será vista nas próximas horas, uma vez que o tempo fechado predomina desde as primeiras horas do dia. Os dois treinos livre que abrem o GP do Canadá vão ter céu nublado e relativa chance de chuva, sobretudo pela manhã no circuito Gilles Villeneuve.

 
De acordo com o site especializado ‘Accuweather’, a chance de chuva é bastante considerável nessas primeiras horas de sexta-feira e alcançam o pico de 51% justamente no horário do início do primeiro treino livre, às 10h locais (11h pelo horário de Brasília). O percentual cai um pouco e alcança os 20% perto da abertura da segunda sessão do dia, às 14h locais (15h no horário brasileiro).
Tempo fechado na manhã desta sexta-feira em Montreal (Foto: Mercedes/Twitter)
No momento, a temperatura ambiente está na casa dos 20ºC e não deve passar muito disso nas próximas horas, chegando à máxima de 25ºC durante o segundo treino livre. Por conta do pouco vento, que não deve passar dos 10 km/h de velocidade, a sensação térmica tende a ser maior e girar perto dos 28ºC como máxima.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A umidade relativa do ar na Ilha de Notre Dame começa perto dos 74% nesta sexta-feira, mas cai nas próximas horas e chega a menos de 50% no período da tarde.

 
Com Sebastian Vettel como líder da temporada, a programação do GP do Canadá começa logo mais. Os pilotos vão ter à disposição os pneus macios, supermacios e ultramacios, este o grande calcanhar de Aquiles de Lewis Hamilton nesta temporada. Mas o britânico é o grande recordista de vitórias dentre os pilotos em atividade na F1: são cinco ao todo, além de outras cinco poles.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana de atividades do GP do Canadá de F1 por meio do novo livetiming.
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube