Sexto no grid, Hülkenberg rotula classificação em Monza como “esquisita e estranha”

Nico Hülkenberg reconheceu que o treino classificatório para o GP da Itália foi “esquisito e estranho”. O germânico ficou com o sexto posto no grid do GP da Itália

Nico Hülkenberg conquistou a sexta colocação no grid de largada para do GP da Itália de Fórmula 1. Com 1min20s049 na tarde deste sábado (7), o alemão ficou a 0s742 da pole de Charles Leclerc e, assim, vai fechar a terceira fila no grid de Monza.
 
Hülkenberg, porém, acabou aparecendo muito mais por conta de sua atuação na parte final do Q3. Depois de uma paralisação por causa de uma batida de Kimi Räikkönen, o piloto da Renault liderou o pelotão na volta à pista, mas saiu da trajetória na curva 1, pois queria esperar vácuo.
Nico Hülkenberg (Foto: Renault)
Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

 
“No fim, fica muito óbvio, não”, disse Hülkenberg à emissora inglesa Sky Sports. “Nós todos estávamos procurando vácuo. Quando você pilota sozinho, perde nas retas e não consegue compensar esse tempo, então acabamos nessa situação”, seguiu.
 
“Claro, foi um pouco… é… esquisito e estranho”, reconheceu. “É isso que acontece quando todo mundo começa a reduzir e ninguém quer ser o primeiro do trem”, concluiu.
 
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo), porém, esta investigando esses minutos finais da sessão.
 
O GP da Itália de F1 está marcado para o domingo (8), às 10h10 (de Brasília). Acompanhe a cobertura AO VIVO e EM TEMPO REAL do GRANDE PRÊMIO.
 

Previsão do tempo para Monza
GP da Itália Monza
!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube