Tsunoda se diz sem medo de cometer erros em estreia na F1: “Mas eles são inevitáveis”

Para Yuki Tsunoda, os erros vão ser comuns em seu começo na Fórmula 1. O jeito é aceitá-los e tirar lições para o futuro na categoria

Yuki Tsunoda é um dos estreantes no grid da Fórmula 1 em 2021, pela AlphaTauri. Ou seja: pouco teve contato com carros da categoria. Mesmo assim, o primeiro piloto nascido nos anos 2000 a chegar ao Mundial promete ir sem medo para as pistas.

Foi o que ele disse em entrevista divulgada pela AlphaTauri em seu site oficial, após o japonês participar de teste em Ímola na última semana. Para Tsunoda, é impossível que erros não sejam realizados, mas o que importante é tentar dar o máximo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Yuki Tsunoda testa com a AlphaTauri em Ímola (Foto: AlphaTauri)

“Não, não sinto pressão. Será minha temporada de novato e vou forçar desde o começo para me adaptar ao carro o mais rápido possível. De qualquer forma, não tenho medo de cometer erros”, analisou Tsunoda, o único japonês do grid atual. “Claro, vou tentar limitá-los, mas eles são inevitáveis no começo”, ponderou.

“Estou confiante de que posso aprender com meus erros, porém, como provei ano passado na F2. Estou muito feliz em ter o apoio dos fãs japoneses, e orgulhoso em ser o primeiro do eu país no grid desde Kamui Kobayashi em 2014. Sobre pressão, eu coloco em mim mesmo, então nada muda. Quero me forçar a ter sucesso”, completou.

Tsunoda tem 21 anos – completa 22 em maio – e foi anunciado no último mês de dezembro como substituto de Danill Kvyat na AlphaTauri. Em 2020, foi terceiro colocado na categoria de acesso à F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube