F1

“Tudo acabou em cinco segundos”: Ricciardo mostra frustração com erro na largada e abandono em casa

Daniel Ricciardo segue sem marcar um bom resultado no GP da Austrália. Diante dos fãs e na estreia pela Renault, o piloto cometeu um erro na largada ao passar pela grama e destruir a asa dianteira. Pouco depois, Ricciardo abandonou a corrida

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
Durou apenas 28 voltas o primeiro GP de Daniel Ricciardo como piloto da Renault. Enquanto Nico Hülkenberg, seu novo companheiro de equipe, fez uma corrida sólida para finalizar em sétimo lugar no GP da Austrália, neste domingo (17), o dono da casa enfrentou problemas logo na largada, quando passou pela grama e destruiu a asa dianteira, e pouco depois encerrou precocemente sua jornada no circuito Albert Park.
 
“Aconteceu muito rápido”, explicou Ricciardo em entrevista coletiva pouco depois do GP da Austrália.
 
“Não há ninguém para colocar a culpa. Peguei a grama e tive uma batida. Corri com Sergio [Pérez] e coloquei duas rodas na grama, achei que poderia ficar lá. Então, havia um meio-fio”, comentou o piloto, frustrado pelas expectativas de fazer uma boa prova diante da torcida se encerrarem muito antes do previsto.
Durou bem pouco a corrida de Daniel Ricciardo em casa neste domingo (Foto: Renault)
“Todo mundo esperava muito, e tudo acabou em cinco segundos”, lamentou. “Quando a corrida acaba em cinco segundos, sinto que a preparação não esteve onde deveria estar”, ponderou o australiano.
 
Quanto às perspectivas da Renault diante do que viu nesta prova de abertura da temporada, Ricciardo acredita que é possível à equipe anglo-francesa ser novamente a quarta força do Mundial para aí, depois do meio do campeonato, poder crescer um pouco mais.
 
“Acho que devemos ter um carro no top-8 e aí, depois da segunda metade, espero que seja melhor”, comentou Daniel, já de olho no GP do Bahrein, dentro de duas semanas. “Não tenho nada para fazer nesta semana, então posso me preparar melhor para a próxima corrida”, concluiu.