Verstappen chega ao melhor resultado na F1 e vibra com “inacreditável quarto lugar” na Hungria

Aos 17 anos, Max Verstappen conquistou seu melhor resultado na categoria até agora. No maluco GP da Hungria, o holandês cruzou a linha de chegada em quarto lugar depois de ter andado em 14º na fase inicial da prova

Ainda não caiu a ficha para Max Verstappen depois de um conquistar, neste domingo (26), seu melhor resultado na sua curta carreira como piloto de F1. Em uma corrida absolutamente maluca e cheia de variáveis, o holandês de 17 anos chegou a andar em 14º na primeira fase da corrida, se envolveu em disputas, foi punido, mas sobreviveu e cruzou a linha de chegada do caótico GP da Hungria num sólido quarto lugar, entregando bons pontos à Toro Rosso.

Ao comentar sobre o feito em Hungaroring, Max não conseguiu encontrar palavras para descrever seu sentimento. “Inacreditável, um quarto lugar! Que grande resultado, não tenho palavras”, vibrou.

A estrela de Max Verstappen brilhou neste domingo em Hungaroring (Foto: AP)

“Não esperava nada disso depois de ter feito uma largada um pouco ruim. No entanto, consegui ficar de fora dos problemas e, durante meu segundo stint, tudo estava indo bem. Me senti confortável no carro e os caras atrás de mim não conseguiram me alcançar”, afirmou.

“Quando a corrida recomeçou após o safety-car, aconteceu muita coisa com os carros à minha frente. Minha asa dianteira ficou um pouco danificada e tive um drive-through”, relatou Max, que foi punido pela direção de prova por não ter obedecido a velocidade estabelecida durante o período em que o safety-car esteve na pista para a retirada dos detritos do carro de Nico Hülkenberg.

“Assim, faltando algumas voltas para o fim, fiquei perguntando ao meu engenheiro em que posição nós estávamos, e quando ele disse ‘quarto’, eu não poderia acreditar. Estou muito, muito feliz por hoje. Gostaria de agradecer à equipe, eles me deram um grande apoio e merecem esse grande resultado. Não poderia alcançar isso sem eles”, comemorou o menino Verstappen.

Com o resultado deste domingo, Max chegou a 22 pontos, aumentou sua vantagem na briga interna com Carlos Sainz Jr., que continua com nove no Mundial de Pilotos. O holandês ajudou a Toro Rosso a alcançar sua melhor pontuação no ano, acirrando assim a briga pelo quinto lugar no Mundial de Construtores. O time de Faenza tem 31 pontos, contra 35 da Lotus e 39 da Force India, atual quinta colocada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube