Verstappen culpa problemas com carro por derrota, mas ignora: “Não significa nada”

Por apenas 0s075, Max Verstappen não conseguiu superar Lewis Hamilton na classificação para a corrida sprint do GP da Inglaterra. No entanto, minimizou os problemas ao dizer que "não significa nada"

A classificação nesta sexta-feira (16) pode até parecer incomum, mas não surpreendeu Max Verstappen. Depois de largar na frente nas últimas três corridas da temporada, o holandês ficou a apenas 0s075 de Lewis Hamilton, que garantiu o primeiro lugar da corrida sprint – inédita na história da Fórmula 1. Após a sessão, o dono do carro #33 explicou que uma das dificuldades para tentar bater o rival foi segurar o RB16B, que insistia em sair de frente.

“Precisamos apenas olhar para nós mesmos. Acho que o carro em si estava se comportando muito bem, mas saindo muito de frente. Eu realmente não pude atacar nenhuma curva, apenas tentando segurar a frente”, disse ele. “Uma sensação um pouco estranha para guiar. Então, é o que é. Estamos bem perto então está tudo bem”.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Verstappen ficou com a segunda posição na classificação para a corrida sprint do GP da Inglaterra (Foto: Red Bull)

Antes desta sexta-feira, Verstappen havia dito que seria difícil bater a Mercedes em Silverstone, já que a equipe heptacampeão chegaria com atualizações no W12 para tentar tirar o domínio da Red Bull do campeonato de Pilotos e Construtores – Verstappen lidera por 32 pontos e os taurinos estão no topo por 44 tentos. Por isso, o holandês minimizou a primeira posição de Hamilton e segue confiante para a primeira corrida de classificação amanhã.

LEIA TAMBÉM
+Pontuação extra, pneus e até horários: tudo sobre a primeira corrida sprint da Fórmula 1

“Uma sensação estranha de você perder tudo quando realmente não significa nada. Temos um carro de corrida forte, só precisamos consertar os problemas que tivemos na classificação, mas estou confiante de que podemos fazer uma corrida forte”, concluiu.

A programação do sábado compreende o treino livre 2, marcado para 8h (de Brasília), enquanto a corrida de classificação tem largada prevista para 12h30.

O GP da Inglaterra propriamente dito, o principal evento do fim de semana, no domingo, acontece às 11h. Tudo com transmissão dos canais do Grupo Bandeirantes e também do serviço de streaming F1 TV Pro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar